Início B3 ‘Formação + Próxima’ com 6 ME para descentralizar o sector

‘Formação + Próxima’ com 6 ME para descentralizar o sector

O Turismo de Portugal apresentou ontem (25) em Amarante, o programa ‘Formação + Próxima’, que deverá começar no início de 2022 e que contou com a presença, entre outros, da secretária de Estado do Turismo, Rita Marques.

Luís Araújo, presidente do Turismo de Portugal, explicou que a entidade vai financiar com seis milhões de euros, ao longo de seis anos, para formação descentralizada no sector a cerca de 75 mil pessoas, acrescentando que apesar do Turismo de Portugal ter 12 escolas espalhadas por todo o território

a instituição tem sentido ao longo destes anos que há muita necessidade de formação, não só inicial, mas também contínua, e principalmente formação para executivos em todo o território.

O responsável também salientou que o Turismo de Portugal tem sido abordado para dar formação em turismo a outras entidades que não são do turismo, mas que precisam de ter formação.

O ‘Formação + Próxima’ é um programa de formação próxima, porque está mais no terreno, que cobre estas áreas e que funcionará em parceria estreita com os municípios para que tenha uma componente digital, mas também do território.

A ideia é fazer parcerias com os municípios e, numa primeira fase, estamos a falar à volta de 36 municípios sendo que a formação vai ser dada até a funcionários dos municípios para captar investimento, desenvolvimento do território e produto entre outras áreas, frisou Luís Araújo que acredita que este programa pode ajudar na resolução do problema de mão-de-obra no sector. No entanto, avisou que é só uma componente entre várias.

Há uma parte demográfica, não temos pessoas disse também o presidente do Turismo de Portugal chamando ainda a atenção para a atractividade do turismo, que deve ser promovida com salários, benefícios, planos de carreira.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter