No ano passado a taxa de ocupação europeia aumentou ligeiramente (0,7%), fixando-se nos 83,8%. Os dados são da STR e façam uma comparação com os números de 2017. Mas, mais interessante é o facto de o RevPAR ter aumentado 5,2% para 81,43 euros.

Na análise dos vários mercados europeus a companhia destaca duas cidades: Dublin e Bruxelas. A cidade irlandesa registou, pelo oitavo ano consecutivo, um aumento do RevPAR (7,2%). Crescimento atribuído, pela STR, ao elevado número de eventos realizados na cidade.

Já Bruxelas recuperou do impacto negativo dos ataques terroristas (2016) e obteve um crescimento a dois dígitos do RevPAR (12,4%). A tão ou mais importante, a nível de ocupação absoluta foi o mais alto dos dados (referentes a Bruxelas) registados pela STR e o mercado registou, durante 26 meses consecutivos, crescimento na taxa de ocupação. No ano passado, e segundo dados do Tourism Economics, Bruxelas recebeu nove milhões de visitantes, número que as previsões indicam que continuará a crescer.

 



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter