Início B1 Estado deverá injectar mil milhões de euros na TAP

Estado deverá injectar mil milhões de euros na TAP

COMPARTILHE

Os valores ainda não estão fechados mas o Estado português deverá injectar cerca de mil milhões de euros na TAP. Falta também definir a forma como o dinheiro vai ser injectado na companhia aérea portuguesa.

A notícia foi avançada sexta-feira (22) pela TSF, dando conta que as negociações entre o governo e a companhia aérea ainda não estão fechadas mas decorrem agora com um espírito mais positivo.

Segundo a estação de rádio, nas últimas duas semanas o Estado e accionistas privados da TAP estiveram sentados à mesa das negociações à procura de uma solução para salvar a companhia aérea. Juntos, procuram uma solução para salvar a companhia aérea que, assim como muitas outras, atravessa uma profunda crise devido à pandemia da Covid-19. A TAP está praticamente parada há dois meses.

O valor da injecção a receber pela TAP ainda não está fechado, mas o cálculo deverá estar em linha com o definido nos apoios públicos a outras companhias aéreas europeias, que têm em conta o número de aviões e os passageiros transportados.

Falta também definir os moldes em que será feita a injecção do dinheiro do Estado, sendo que parece afastado um aumento de capital a ser efectuado também pelos privados. A ajuda pode passar por um empréstimo público ou um empréstimo privado garantido pelo Estado, sendo que em caso de incumprimento por parte da TAP, esses empréstimos devem converter-se em acções do Estado.

A TSF refere ainda que, afastados, para já, parecem estar os cenários de uma nacionalização ou mesmo o da insolvência.
Ao que tudo indica, ambas as partes descartam a hipótese de um aumento de capital em parcelas iguais entre os accionistas privados e o Estado. Bruxelas também não dá o seu selo de aprovação.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter