Em Abril turismo ainda desiludiu

Os dados referem-se ao mês de Abril de 2021 e chegam do Instituto Nacional de Estatísticas (INE), que diz que o, turismo ficou a menos de metade do volume de negócios de 2019.

O volume de negócios das actividades do turismo terá ficado integralmente em desconfinamento, bem aquém do necessário para uma recuperação.

Segundo o INE, o índice de volume de negócios na restauração e no alojamento não representou mais que 47% dos níveis do mesmo mês de 2019, empurrando para baixo o índice dos serviços.

No índice de volume de negócios nos serviços publicado pelo INE, o alojamento, restauração e similares inverte um pouco a trajectória negativa, passando de uma taxa de variação de – 30,8% em Março para 132,9% em Abril. Este resultado deu origem a um contributo de 4,1 p.p. para o total.

Refira-se que o alojamento apresentou uma variação de 193% (-70.3% no mês anterior). Já a Restauração e similares cresceu 128,1% no período em análise (-19,7% em Março). Neste agrupamento é particularmente afectado pelo referido efeito base, já que o índice se reduziu para apenas 25,7 em Abril de 2020. Comparativamente ao mesmo mês de 2019, o índice é ainda inferior em 53,4%.