COMPARTILHE

Hoje, 31 de dezembro, segunda feira, é o tricentésimo sexagésimo quinto e último dia do ano de 2018.

Principais acontecimentos registados no dia 31 de dezembro

1821 – É criado o Banco de Lisboa, o primeiro banco emissor português. Em 1846, daria lugar ao Banco de Portugal.

1869 – Nasce Henri Matisse, precursor do fauvismo, nome chave da arte no século XX.

1879 – O inventor norte-americano Thomas Edison apresenta a lâmpada eléctrica, no Parque Menlo, em Nova Jérsia.

1929 – É aprovada a pauta aduaneira de carácter proteccionista do mercado português.

1943 – É criado o MUNAF, Movimento Nacional Antifascista português.

1946 – A II Guerra Mundial é dada por terminada, oficialmente, pelo presidente norte-americano Harry S. Truman.

1948 – Cessa a circulação das moedas de meio tostão, cinco centavos, em Portugal.

1951 – Termina a vigência do Plano Marshall. Os projectos deverão concluir-se até 1961.

1953 – A Índia restringe a circulação de pessoas e bens entre Goa e o exterior.

1956 – Contestação académica em Lisboa, Porto e Coimbra ao Decreto-Lei 40.900, de 12 de dezembro, que restringe a acção das associações de estudantes.

1961 – Golpe de Beja contra a ditadura do Estado Novo. Humberto Delgado entrara clandestinamente em Portugal para comandar a revolta.

– Expira o Plano Marshall, de apoio à reconstrução da Europa após a II Guerra Mundial, depois de investimentos no valor de 12 mil milhões de dólares.

1963 – A Federação da África Central da Rodésia e da Niassalândia é dissolvida dando lugar à Rodésia do Sul, actual Zimbabué, Rodésia do Norte, atual Zâmbia, e Niassalândia, atual Malawi.

1964 – O presidente da Indonésia, Sukarno, ameaça abandonar as Nações Unidas, caso se verifique a entrada da Malásia para o Conselho de Segurança.

1966 – Os EUA admitem pôr termo aos bombardeamentos do Vietname do Norte, se Hanói garantir a discussão da paz.

1968 – O Conselho de Segurança da ONU censura Israel pelo ataque aos aviões árabes, estacionados no aeroporto de Beirute.

1972 – O governador militar de Moçambique Kaúlza de Arriaga manda arquivar o inquérito sobre o massacre de Wiriyamu, ocorrido no dia 16.

1974 – Portugal e a Índia assinam o acordo que reconhece a soberania de Nova Deli nos territórios sob administração portuguesa até 1961.

– A Venezuela nacionaliza a indústria do ferro, a segunda mais importante do país.

1975 – O Governo português aprova o aproveitamento para fins múltiplos do Alqueva e estabelece medidas respeitantes à poupança de energia.

1978 – Morre, em combate, Nicolau dos Santos Lobato, presidente da Frente de Libertação de Timor-Leste. Tinha 32 anos.

1983 – Dois mortos e 34 feridos na estação Saint-Charles de Marselha (sul), na explosão de uma bomba colocada perto dos cacifos automáticos. Alguns minutos antes, uma outra explosão causa três mortos e três feridos a bordo do TGV Marselha-Paris, na zona de Tain-l’Hermitage (sul). Estes dois atentados são reivindicados pela “Organização da luta armada árabe”.

– Morre a actriz portuguesa Maria Olguim, aos 89 anos.

1985 – Portugal e o Banco Internacional para a Reconstrução e Desenvolvimento acordam o financiamento dos projectos de desenvolvimento rural de Trás-os-Montes e de diversificação de fontes de energia.

1987 – Posse de Robert Mugabe, primeiro presidente do Zimbabué.

1989 – A Junta de Salvação romena decreta a dissolução da Securitate, a polícia política de Nicolae Ceausescu.

– O presidente do Panamá, Guillermo Endara, confisca os bens do seu antecessor Manuel Noriega, refugiado na Nunciatura do Vaticano na capital do país.

1993 – Portugal e Israel assinam o acordo que prevê a abolição de vistos de entrada nos dois países.

1999 – A Oliva- Indústrias Metalúrgicas cessa actividade.

– Demite-se Boris Ieltsin, presidente da Federação Russa. O chefe do governo, Vladimir Putin, assume as funções.

2000 – Fecho do estaleiro da Margueira.

2001 – Último dia de circulação das 12 moedas nacionais na União Europeia que dão lugar ao Euro.

2003 – Israel aprova o plano de duplicação de colonatos nos Montes Golan.

– Ferreira Diniz, médico, fica em prisão domiciliária, no âmbito do processo Casa Pia.

– Morre o investigador Vítor de Sá, antigo deputado comunista. Tinha 82 anos.

2004 – Incêndio numa discoteca de Buenos Aires, na Argentina, causa a morte a 175 pessoas.

2005 – Arranca o Rali Lisboa-Dacar, 28.ª edição da prova de todo-o-terreno, com partida de Portugal, pela primeira vez.

2006 – Rússia e Bielorrússia chegam a acordo sobre o fornecimentos de gás russo à antiga república soviética.

2007 – O arquitecto Ettore Sotasass, apelidado de “Papa do design italiano”, morre aos 90 anos.

– Morre, aos 80 anos, o jornalista e escritor Homero Serpa, com mais de 50 anos ao serviço do jornal “A Bola”.

2015 – Morre Natalie Cole, cantora ‘soul’ norte-americana filha do músico de jazz Nat King Cole. Tinha 65 anos.