COMPARTILHE

Hoje é terça-feira, 16 de abril, centésimo sexto dia do ano e Dia Mundial da Voz.
Faltam 259 dias para o final de 2019.
Os nascidos nesta data pertencem ao signo Carneiro.

Principais acontecimentos registados neste dia

Nesta data, em 1913, a Turquia assinava um armistício com a Bulgária. Em 1917, Lenine regressava à Rússia, após vários anos de exílio. Em 1922, o tratado de Rapallo, subscrito pela Alemanha e pela URSS, reconhecia este país como grande potência e reatava as relações diplomáticas e comerciais entre os dois países.
Em 1942, o Congresso indiano rejeitava a proposta para um governo autónomo apresentada pelo Reino Unido. Em 1945 as tropas norte-americanas entravam na cidade alemã de Nuremberga, no final da II Guerra Mundial. Em 1970, uma avalanche soterrava o hospital pediátrico de Sallanches, nos Alpes franceses, causando a morte de 72 pessoas.
Em 1975, o Governo do Camboja pedia tréguas às forças dos Khmers vermelhos que sitiavam a capital. Em 1984, malograva-se a missão do enviado especial da ONU ao Afeganistão, Paquistão e Irão, que tentara encontrar uma solução para o conflito afegão. Em 1990, a atleta Rosa Mota vencia pela terceira vez a maratona de Boston.

Em 1991, morria o cineasta britânico David Lean. Tinha 83 anos. Em 1992, Portugal propunha à Indonésia o reatamento das negociações sobre Timor-Leste. Em 1996, o antigo primeiro-ministro italiano Bettino Craxi era condenado a três anos e oito meses de prisão, por corrupção. No mesmo dia, morriam o cineasta cubano Tomás Gutierrez Alea, 67 anos, e a atriz norte-americana Lucille Bremer, 79 anos.
Em 1997, um atentado no bar Meia Culpa, em Amarante, matava 13 pessoas. Em 1998, o corpo do ditador e dirigente dos khmers vermelhos Pol Pot era apresentado, no Camboja. Em 2000, um atentado na discoteca Luanda, em Lisboa, provocava sete mortos e 65 feridos.

Em 2001, morria o fadista português Sérgio Nunes. Tinha 18 anos. Em 2003, Polónia, Hungria, República Checa, Eslováquia, Eslovénia, Estónia, Letónia, Lituânia, Malta e Chipre assinavam os Tratados de Adesão à União Europeia. Em 2004, o Governo de José Luís Zapatero era aprovado pelo Congresso espanhol.

Em 2005, o Governo britânico ordenava uma investigação às contas da MG Rover, após a declaração de falência da construtora automóvel que deixou sem emprego 5.000 trabalhadores.

Em 2006, era aprovada a criação da Rede de Cuidados Continuados de Saúde.

Em 2007, era publicada a portaria que aumentava as prestações familiares, como o abono de família para crianças e jovens, entre 2,6 e 3,1 por cento, desde 01 de janeiro de 2007. Trinta e três pessoas, incluindo o homicida, morriam na Universidade Técnica da Virgínia, no tiroteio mais mortífero num estabelecimento escolar nos Estados Unidos. O Prémio Pulitzer 2007 era atribuído a Lawrence Wright pelo ensaio “The Looming Tower: Al-Qaeda and the Road to 9/11”. Na área da ficção, o Prémio Pulitzer distinguia o escritor norte-americano Cormac McCarthy pelo romance “A Estrada”. Natasha Trthewey recebia o Pulitzer de Poesia por “Native Guard”, Debby Applegate, o de Biografia, por “The Most Famous Man in America”, sobre Henry Ward Beecher.

Em 2008, morria, aos 90 anos, o matemático e meteorologista norte-americano Edward Lorenz, “pai” da Teoria do Caos, na sua casa em Cambridge, no Estado de Massachusetts. Morria o norte-americano Ollie Johnston, o último membro do grupo dos nove principais autores de desenhos animados da “idade de ouro” da Disney como “Pinóquio”, “Peter Pan” e “Bambi”, num lar de idosos em Sequim, no estado de Washington. Tinha 95 anos. Morria, aos 68 anos, o fundador do Cinema Quarteto, Pedro Bandeira Freire, morria em Lisboa, no Hospital de Santa Maria, onde estava internado.

Em 2010, era declarada a falência do Banco Privado Português (BPP).

Em 2018, morria, aos 97 anos, Ivone Lara, cantora brasileira considerada um ícone do samba. Morria, aos 91 anos, Choi Eun-hee, atriz sul-coreana, raptada por ordem do pai do actual líder da Coreia do Norte e obrigada a fazer filmes para o regime.