Início Breves Efemérides do dia 27 de março

Efemérides do dia 27 de março

COMPARTILHE

Principais acontecimentos registados no dia 27 de março
Hoje é sexta-feira, dia 27 de março de 2020.
Este é o octogésimo sétimo dia do ano.
Faltam 279 dias para o termo de 2020.
Os nascidos nesta data pertencem ao signo Carneiro.
Dia Mundial do Teatro e Dia Nacional do Dador de Sangue.

438 a.C.- Data provável para a inauguração do Parthenon, de Atenas.

1703 – Fundação da cidade de São Petersburgo.

1713 – Tratado de Utrecht. A Espanha concorda com a cedência de Gibraltar e Minorca ao Reino Unido.

1781 – O intendente-geral Pina Manique impõe a obrigatoriedade da inspeção sanitária a casas de prostituição.

1802 – É assinada a Paz de Amiens.

1809 – Invasões francesas. Começa a investida sobre a cidade do Porto pelo exército de Soult.

1845 – Nasce o cientista alemão Wilhelm Conrad Röntgen, primeiro Nobel da Física (1901), pela descoberta dos Raios X.

1871 – Nasce o escritor alemão Heinrich Mann, autor de “Professor Unrat”.

1929 – Reforma da política de crédito do estado. A Caixa Geral de Depósitos passa a integrar os serviços de crédito e previdência de conta do tesouro ou dos cofres públicos.

1945 – II Guerra Mundial. O general norte-americano Dwight Eisenhower comunica a derrota das forças nazis, na frente Ocidental.

1958 – Krutschev sucede a Nikolay Bulganin na chefia do Governo da URSS.

1961 – Reunião dos altos comandos militares portugueses, presidida pelo ministro da Defesa, Botelho Moniz, para a “Abrilada”, tentativa de golpe contra o ditador Oliveira Salazar.

1962 – É constituída a FNLA, Frente Nacional para a Libertação de Angola, a partir da UPA, de Holden Roberto, e do PDA.

1964 – A força de paz das Nações Unidas assume o controlo de Chipre.

1968 – Morre, com 34 anos, o astronauta soviético Yury Gagarine, o primeiro homem no espaço.

1975 – É criado o IPE, Instituto de Participações do Estado.

1985 – Morre a fadista portuguesa Maria Albertina. Tinha 75 anos.

1987 – O Partido Renovador Democrático, PRD, apresenta a moção de censura ao Governo de Aníbal Cavaco Silva.

1990 – Portugal torna-se membro da UEO – União Europeia Ocidental.

1992 – A África do Sul suspende a aplicação da pena de morte.

1993 – É reaberto ao tráfego o corredor do Limpopo, linha férrea entre Maputo e Harare, com o restabelecimento da paz em Moçambique.

1995 – O Prémio Camões é atribuído ao escritor brasileiro Jorge Amado.

1996 – A Câmara de Lisboa atribui o nome do ator Mário Viegas à Sala-estúdio do Teatro de São Luiz.

1998 – O Viagra, medicamento contra a impotência masculina, é aprovado pela Food and Drug Administration.

2002 – Morre, com 66 anos, o ator britânico Dudley Moore, protagonista de “Artur, O Alegre Conquistador”.

2004 – A polícia espanhola localiza, em Laganés, arredores de Madrid, a casa onde foram preparados os atentados do dia 11 de março.

– A seleção portuguesa de râguebi sagra-se campeã europeia, com o triunfo sobre a Rússia, por 19-18. É o primeiro título europeu da modalidade para a equipa portuguesa.

2005 – O Governo francês revoga a legislação que, desde dezembro de 1998, proibia a importação de bovinos e embriões originários de Portugal.

2006 – Apresentação das medidas do Programa de Simplificação Administrativa e Legislativa Simplex, dois meses após a sua criação.

– Morre, com 84 anos, Stanislaw Lem, escritor polaco de ficção científica, autor de “Solaris”, adaptado ao cinema por duas vezes.

2007 – É fundado o novo partido basco Abertzle Sozialistak Batasuna, considerado próximo do Batasuna (ilegalizado).

– A Presidência da República da Guiné-Bissau confirma a demissão do governo liderado por Aristides Gomes, na sequência da aprovação de uma moção de censura na Assembleia Nacional Popular.

– Morre, aos 95 anos, Faustino Oramas, “El Guayabero”, trovador cubano.

– Morre Paul C. Lauterbur, cientista norte-americano, Prémio Nobel da Medicina 2003, pelo seu contributo para o desenvolvimento da ressonância magnética. Tinha 77 anos.

2008 – A Assembleia da República rejeita um projeto do Bloco de Esquerda que previa o divórcio a pedido de um dos cônjuges e aprova um diploma que reduz de três para um ano o prazo para requerer o divórcio litigioso.

– Morre, aos 80 anos, o jornalista Horácio Caio, primeiro repórter de guerra de televisão em Portugal.

2010 – A Líbia põe fim ao embargo à concessão de vistos aos europeus do espaço Schengen, pouco depois de a União Europeia ter anunciado o levantamento das restrições a cidadãos líbios.

– Morre o jornalista, poeta e escritor moçambicano Albino Magaia, que se destacou na luta de libertação de Moçambique. Tinha 63 anos.

2011 – Polícia Nacional de Timor-Leste recebe da Missão das Nações Unidas (UNMIT) a responsabilidade pelo policiamento em todo o país.

2012 – Morre, com 88 anos, Millôr Fernandes, escritor, cartoonista e humorista brasileiro.

2013 – A candidatura do cante alentejano a Património Cultural Imaterial da Humanidade dá formalmente entrada no comité internacional da UNESCO.

2016 – Pelo menos 72 pessoas morrem e dezenas ficam feridas numa explosão ocorrida em Lahore, a segunda maior cidade do Paquistão. O grupo talibã Jamaat ul Ahrar reivindica o atentado.

– Morre, aos 90 anos, Alain Decaux, escritor e académico francês responsável pelas primeiras transmissões sobre História na rádio e televisão.

– Morre, aos 79 anos, Jim Harrison, escritor norte-americano de “Legends of the fall”.

2017 – A EDP lança uma Oferta Pública geral e voluntária de Aquisição (OPA) de ações da EDP Renováveis.

Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook