Início Breves Efemérides do dia – 26 fevereiro

Efemérides do dia – 26 fevereiro

COMPARTILHE

Principais acontecimentos registados no dia 26 fevereiro
Hoje é quarta-feira, dia 26 fevereiro de 2020.
Este é quinquagésimo sétimo dia do ano.
Faltam 309 dias para o final do ano.
Os nascidos nesta data pertencem ao signo Peixes.

1605 – A oficina de impressão de Jorge Rodrigues obtém licença para publicar em Lisboa “O Engenhoso Fidalgo D. Quixote de la Mancha”, de Miguel de Cervantes.

1802 – Nasce o escritor francês Victor Hugo, autor de “Os Miseráveis”.

1821 – Golpe de Estado no Rio de Janeiro. Por pressão de D. Pedro, D. João VI é obrigado a jurar as bases da futura Constituição, resultante da Revolução Liberal de 1820.

1883 – Morre, com 56 anos, o pintor português Miguel Angelo Lupi.

1884 – É assinado o Tratado do Zaire entre Portugal e Reino Unido, sobre as fronteiras em África.

1885 – É assinada a Acta Final da Conferência de Berlim, que partilha a África entre as potências europeias.

1892 – O ministro das Finanças português, o historiador Oliveira Martins, apresenta a proposta de Lei de Salvação Pública.

1897 – É criado o Grande Oriente de Portugal, cisão do Grande Oriente Lusitano Unido.

1909 – João José Pires é eleito primeiro presidente do Benfica.

1912 – Brito Camacho funda o Partido Unionista.

1915 – Fundação do Sporting Clube de Tomar, primeira filial do Sporting Clube de Portugal.

1916 – Estreia-se, em Lisboa, a peça “A Maluquinha de Arroios”, de André Brun.

1917 – Restrições económicas no contexto da Grande Guerra 1914-18. A iluminação pública é racionada em Lisboa.

1929 – Morre o poeta português Augusto Gil. Tinha 55 anos.

1936 – Nasce José Policarpo, Cardeal Patriarca de Lisboa, em Alvorninha (Caldas da Rainha)

1952 – O primeiro-ministro do Reino Unido, Winston Churchill, anuncia a produção da primeira bomba atómica britânica.

1971 – Morre, em Paris, com 67 anos, o ator Fernandel, célebre pelas interpretações de Don Camilo, nas adaptações dos contos irónicos de Giovanni Guareschi.

1975 – É publicada a Lei de Imprensa portuguesa.

– É constituída a Comissão Nacional de Eleições.

– O Governo português aprova a Lei do Arrendamento Rural, que enquadra a Reforma Agrária.

1976 – É assinado, em Lisboa, o segundo pacto Movimento das Forças Armadas-Partidos.

1980 – Morre, com 72 anos, Ahmed Shukeiri, fundador e primeiro presidente da Organização de Libertação da Palestina.

1991 – Guerra do Golfo. Saddam Hussein anuncia a retirada da cidade do Kuwait, sete meses após o início da crise.

1993 – É aprovada a construção da barragem do Alqueva, no Alentejo.

– Atentado terrorista às torres do World Trade Center, em Nova Iorque. Explode um carro armadilhado numa das caves.

1994 – É inaugurada a iniciativa Lisboa – Capital Europeia da Cultura 94.

1996 – O filme “Sensibilidade e Bom Senso”, de Ang Lee, conquista o Urso de Ouro do Festival de Berlim.

1997 – Conferência Mundial sobre Trabalho Infantil em Amesterdão, Holanda.

2001 – É assinado o Tratado de Nice da União Europeia, que reforma as instituições comunitárias e permite o alargamento a Leste.

2003 – O Ministério da Agricultura português encontra uma substância cancerígena proibida, o nitrofurano, em amostras de carne de aves.

2004 – Os EUA levantam o embargo à Líbia, após 23 anos de sanções, e autorizam a abertura de uma secção de interesses líbios, nos EUA.

– Morre, com 47 anos, o presidente da Macedónia Boris Trajkovski, num acidente de avião no sul da Bósnia.

2005 – Morre, com 61 anos, Jef Raskin, engenheiro norte-americano, cofundador da Apple Computers, com Steve Jobs.

– Israel suspende a transferência de poderes de segurança para as forças palestinianas, na Cisjordânia, e exclui a Jihad Islâmica do acordo de tréguas.

2006 – Gripe das aves. A presença do vírus H5N1 é confirmada na Suíça.

– A Rússia aprova a lei antiterrorista que permite abater aviões de passageiros sequestrados, afundar embarcações ou destruir veículos civis que sirvam atentados.

– Rússia e Irão chegam a acordo de princípio para enriquecimento de urânio das centrais nucleares.

2007 – O Tribunal da ONU iliba a Sérvia de genocídio na Bósnia. O Tribunal Internacional de Justiça, a mais alta instância judicial das Nações Unidas, considera que a Sérvia não pode ser responsabilizada diretamente pelo genocídio na Bósnia, durante a guerra de 1992-1995, não havendo lugar a indemnizações, como Sarajevo exigia. Trata-se do primeiro caso em que um Estado foi julgado por genocídio.

2008 – A Índia ensaia com sucesso o lançamento de um míssil com capacidade nuclear a partir de uma plataforma submarina, anuncia o Ministério da Defesa indiano.

– É inaugurado o “Banco Mundial de Sementes”, situado dentro de uma montanha gelada, no arquipélago norueguês de Svalbard, no Ártico, e criado para proteger milhões de sementes alimentares a fim de preservar a diversidade vegetal mundial, ameaçada pelas catástrofes naturais, guerras e as alterações climáticas.

– Morre, com 71 anos, o general israelita reformado Dan Shomron, comandante da famosa operação de resgate Entebe e Chefe do Estado-maior do Exército entre 1987 e 1991, durante a primeira intifada.

– Morre, com 49 anos, o luso-americano Mike Plowden, antigo atleta e treinador de basquetebol, considerado uma das maiores estrelas das décadas de 80 e 90 e tendo mesmo representado a seleção nacional de basquetebol por 61 vezes.

– Morre, com 60 anos, o baterista norte-americano Buddy Miles, que colaborou com Jimi Hendrix e Carlos Santana.

2009 – O Governo aprova a proposta de lei impondo que os crimes de abuso, exploração sexual de crianças e de violência doméstica não sejam apagados do registo criminal até 20 anos depois da extinção das penas.

2010 – A tempestade “Xynthia”, assim designada pelos meteorologistas europeus, provoca prejuízos, danos materiais e mata dezenas de pessoas na Europa, sobretudo em França, onde as regiões de Vendee e Charente-Maritime são as mais afetadas.

– Morre, aos 87 anos, Bernarr Coutaz, presidente da editora francesa Harmonia Mundi, a maior “independente”  a nível mundial, pioneira na revelação de música étnica e de repertórios pré-românticos da música erudita de tradição europeia, como as Cantigas de Amigo de D. Diniz.

2011 – O principal suspeito do desaparecimento de Rui Pedro, há 13 anos, é acusado do crime de rapto, mas esta acusação não permite saber o que aconteceu ao jovem nem se este está vivo ou morto.

– A capitã Patrícia Almeida, 27 anos, e a cabo Teresa Carvalho, de 39, oficializam o primeiro casamento gay da história da GNR. As duas militares formalizaram a união numa conservatória do Registo Civil de Lisboa.

2014 – Os 85 quadros de Miró do antigo Banco Português de Negócios regressam a Lisboa e são depositados num cofre-forte da Caixa Geral de Depósitos.

– Morre, com 66 anos, Paco de Lucía, guitarrista de flamenco.

2016 – O ítalo-suíço Gianni Infantino é eleito presidente da FIFA, organismo que tutela o futebol mundial, ao vencer as eleições à segunda volta, sucedendo ao suíço Joseph Blatter.

2017 – Um veículo avança sobre uma multidão que assistia a um desfile em Nova Orleães, nos EUA, e causa dezenas de feridos.

– O ciclista português Rui Costa, campeão do mundo em 2013, ganha a Volta a Abu Dhabi.

– O ciclista espanhol Carlos Barbero vence a Volta ao Alentejo e torna-se o primeiro bicampeão nesta prova.

2018 – Morre, aos 93 anos, João Varela Gomes, coronel, um dos militares mais ativos politicamente antes e depois do 25 de abril.