Início Breves Efemérides do dia 26 de março

Efemérides do dia 26 de março

COMPARTILHE

Principais acontecimentos registados no dia 26 de março

Hoje é quinta-feira, dia 26 de março de 2020.
Este é o octogésimo sexto dia do ano.
Faltam 280 dias para o termo de 2020.
Os nascidos nesta data pertencem ao signo Carneiro.
Dia do Livro Português e Dia Mundial do Cacau:

1827 – Morre, com 56 anos, o compositor alemão Ludwig van Beethoven, em Viena.

1887 – É assinado o Protocolo de Lisboa, que estabelece os termos do Tratado de Amizade e Comércio com a China, de 01 de dezembro de 1887, sobre o direito de ocupação e governo de Macau, por Portugal.

1911 – Nasce o escritor e dramaturgo norte-americano Tennessee Williams, autor de “Um Elétrico chamado Desejo”.

1918 – Acordo de Doullens entre a França e a Inglaterra para um comando único aliado na Frente Oeste.

– Morre, aos 56 anos, o músico e compositor francês Claude Debussy.

1925 – Nasce, em Montbrison, Loire, o compositor francês e regente de orquestra Pierre Boulez, fundador do IRCAM e do Ensemble Intercontemporain.

1927 – É criada a Polícia de Informações do Porto. As Polícias de Informações de Lisboa e Porto irão dar origem à PVDE/PIDE.

1936 – É constituída a Frente Popular Chinesa.

1941 – O Alto-Comando nazi, de Adolf Hitler, aprova a constituição das brigadas assassinas (“Einsatzgruppen”), na Polónia ocupada.

1949- É criado o Fundo de Fomento Nacional.

1953 – O médico norte-americano Jonas Salk consegue sintetizar a vacina contra a poliomielite.

1957 – O Tratado de Roma institui a Comunidade Económica Europeia (CEE) e a Comunidade Europeia de Energia Atómica (Euratom)

1975 – Tomada de posse do IV Governo Provisório português, chefiado por Vasco Gonçalves.

1976 – São definidos os estatutos das empresas públicas portuguesas Petrogal, Petróleos de Portugal, e Cimpor, Cimentos de Portugal.

1977 – Entra em funcionamento a barragem de Cahora-Bassa, em Moçambique.

1979 – São assinados os acordos de Camp David, nos EUA, entre o Egito e Israel.

1987 – Assinatura dos termos do acordo sobre a transferência da soberania de Macau, pelos chefes das delegações de negociação, o vice-ministro chinês Zhou Nan e o embaixador português Rui Medina.

1990 – É criada a primeira Prova Geral de Acesso ao Ensino Superior.

– Os Óscares da Academia de Hollywood distinguem “Miss Daisy”, o realizador Oliver Stone e os atores Jessica Tandy e Daniel Day-Lewis.

1991 – Celebração do Tratado de Assunção, na origem do Mercado Comum dos países do Sul – MERCOSUL, composto pela Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai.

– Governo de Luanda aprova a instauração do multipartidarismo.

1995 – Entra em vigor o acordo de Schengen, que permite progressivamente aos europeus viajarem no espaço europeu sem controlo de fronteiras.

1999 – Marcelo Rebelo de Sousa demite-se da presidência da Comissão Política Nacional do PSD.

2000 – Vladimir Putin ganha, à primeira volta, as eleições presidenciais russas, com maioria absoluta.

2001 – Noruega, Dinamarca, Suécia, Finlândia e Islândia passam a integrar o espaço Schengen de livre circulação de pessoas.

2003 – A proposta de Código de Trabalho é aprovada na especialidade, na Assembleia da República.

2005 – Entra em vigor o novo Código da Estrada, com regras mais severas e multas mais pesadas.

– O Partido da Renovação Social de Guiné-Bissau escolhe Kumba Ialá, deposto em setembro de 2003, para candidato às eleições presidenciais de 19 de junho.

2006 – Eleições legislativas em São Tomé e Príncipe.

2007 – O Partido Democrata Unionista, de Ian Paisley, e o Sinn Fein, de Gerry Adams, chegam a acordo para partilhar o poder na Irlanda do Norte, a partir de 08 de maio.

– Toma posse o novo governo kuwaitiano, que integra, pela primeira vez, duas mulheres.

– Guantánamo. O australiano David Hicks, detido há mais de cinco anos pelas forças norte-americanas, declara-se culpado de terrorismo.

– Os antropólogos da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Xerardo Pereiro e Cebaldo de León Inawinapi são distinguidos pela National Geographic Society pela sua investigação sobre os indígenas Kuna do Panamá.

– Morre, com 78 anos, Beniamino Andreatta, economista e político italiano, um dos arquitetos da coligação de centro-esquerda “A Oliveira”.

– Morre, aos 74 anos, João Soares Louro, antigo presidente da RTP e da RDP.

2008 – As alterações à Lei dos Partidos, que põem fim à obrigação de os partidos fazerem prova de cinco mil militantes, é aprovada por unanimidade na Assembleia da República.

– O presidente do parlamento tibetano no exílio afirma em Bruxelas que, segundo “fontes credíveis”, a repressão das manifestações no Tibete pela China provocou 135 mortes, mas estima que estes números possam ser “10 vezes superiores”.

2009 – O Tribunal do Marco de Canaveses absolve o ex-presidente da câmara Avelino Ferreira Torres dos crimes de que estava acusado pelo Ministério Público.

2010 – Pedro Passos Coelho é eleito líder do PSD, sucedendo a Manuela Ferreira Leite, com 61,06 por cento dos votos.

2011 – Morre, aos 87 anos, o antigo treinador checoslovaco de futebol Frantisek Hravanek, medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Moscovo em 1980.

2012 – Morre, com 62 anos, Paula Massano, coreógrafa e uma das pioneiras da Nova Dança Portuguesa, movimento dos anos 1980 e 1990.

– O papa Bento XVI inicia visita a Cuba.

2015 – O Conselho de Ministros aprova os processos de privatização da CP Carga e da EMEF – Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário.

– O copiloto do avião da Germanwings, que se despenhou no dia 24 de março nos Alpes franceses, é considerado responsável pela queda do avião, iniciando deliberadamente a descida e recusando abrir a porta do ‘cockpit’ ao piloto.

– A atleta Naide Gomes, antiga campeã mundial ‘indoor’ de pentatlo e salto em comprimento, anuncia o fim da sua carreira, aos 35 anos, devido a lesão prolongada.

– Morre Fernanda Montemor, atriz que durante a década de 1980 ficou conhecida de uma geração mais nova como a avó Chica da produção televisiva Rua Sésamo. Tinha 81 anos.

– Morre, aos 83 anos, Tomas Transtromer, poeta sueco distinguido com o Prémio Nobel da Literatura em 2011.

2017 – Carlos Silva é reeleito secretário-geral da União Geral de Trabalhadores (UGT) com quase 85% dos votos, no 13.º Congresso da central sindical.

2018 – José Filomeno dos Santos, filho do ex-Presidente angolano José Eduardo dos Santos, e o ex-governador do Banco Nacional de Angola Valter Filipe são constituídos arguidos pela prática suspeita de crimes de fraude, peculato e associação criminosa.

– Os Estados Unidos anunciam a expulsão de 60 espiões russos e uma ordem de encerramento do consulado da Rússia em Seattle, em resposta ao envenenamento com gás tóxico do ex-espião Serguei Skripal no Reino Unido.

– Morre, com 78 anos, Fernando Antunes da Costa, um dos fundadores do PS.

– Morre, aos 85 anos, António dos Santos, bispo emérito da Guarda.

2019 – O diretor da Polícia Judiciária, Luís Neves, confirma no parlamento que foi “uma encenação” a recuperação pela PJ Militar, em outubro de 2017, de parte do material militar furtado nos paióis de Tancos.

– O Parlamento Europeu aprova a nova lei de direitos de autor.

– Morre, aos 78 anos, João Martins Pisco, médico, pioneiro da embolização da artéria prostática.

– Morre, aos 52 anos, Tejshree Thapa, advogada nepalesa, preponderante na exposição de violações em massa de mulheres durante as guerras nos Balcãs e no sul da Ásia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here