Início Breves Efemérides do dia – 08 novembro

Efemérides do dia – 08 novembro

COMPARTILHE

Principais acontecimentos registados no dia 08 novembro.
Hoje é sexta-feira, dia 08 de novembro de 2019. Este é o tricentésimo décimo segundo dia do ano.
Dia Mundial do Urbanismo.
Faltam 53 dias para o termo de 2019.
Os nascidos neste dia pertencem ao signo Escorpião.

1793 – Abre ao público o Museu do Louvre, em Paris.

1860 – Morre o poeta romântico Soares de Passos.

1917 – Revolução Russa. Lenine é eleito presidente do Conselho dos Comissários do Povo da União Soviética e Leon Trotsky, nomeado primeiro-ministro.

1923 – Primeira tentativa nazi de tomada de poder, na Alemanha, com o golpe ensaiado por Adolf Hitler, em Munique.

1925 – Realizam-se em Portugal as últimas eleições legislativas da I República.

1951 – É inaugurado o Teatro Monumental, em Lisboa.

1956 – A Assembleia Geral da ONU pede a retirada das tropas soviéticas da Hungria.

1959 – A República Árabe Unida e o Sudão assinam o acordo para a partilha das águas do Nilo, após a construção da barragem de Assuão.

1960 – O democrata John F. Kennedy é eleito presidente dos EUA.

1963 – O Conselho de Segurança da ONU aceita investigar, com urgência, a situação nos territórios sob administração portuguesa, respondendo ao pedido da Comissão de Curadorias das Nações Unidas.

1966 – A cidade italiana de Florença apela ao auxílio mundial para o restauro das obras de arte danificadas pelas cheias.

1975 – A apenas três dias da independência de Angola, a FLEC inicia as hostilidades para a autodeterminação do enclave.

1977 – Israel bombardeia campos de guerrilheiros palestinianos no sul do Líbano.

1983 – Em Portugal, é constituído o Clube dos Jornalistas.

1984 – Daniel Ortega vence, com 67 por cento dos votos, as eleições na Nicarágua.

– O governo militar chileno instaura um regime mais apertado de censura e aumenta o número de prisões de críticos do regime.

1987 – A Bartolomeu Dias, réplica da caravela com que o navegador português passou o Cabo das Tormentas, parte de Lisboa rumo à África do Sul, propondo-se repetir a viagem realizada 500 anos antes.

1988 – O republicano George Bush, 64 anos, é eleito presidente dos EUA.

1990 – O presidente dos EUA, George Bush, ordena o envio de mais 100.000 homens para o Golfo Pérsico, aumentando para 300.000 o número de soldados americanos na região.

1993 – O Senado francês aprova o princípio da redução da semana laboral para 32 horas e quatro dias de trabalho.

1994 – É criado, pela ONU, o Tribunal Penal Internacional para o Ruanda (TPIR).

1995 – A Confederação Portuguesa do Ensino Estatal é formalizada, em Lisboa.

1998 – O referendo sobre a Regionalização em Portugal dá a vitória ao “não”.

2000 – O Orçamento do Estado é aprovado na generalidade, viabilizado pela abstenção do deputado Daniel Campelo do PP.

– O CERN, Laboratório Europeu da Física de Partículas, suspende o projeto do acelerador de partículas LEP, Large Electron-Positron Colider.

2002 – O Conselho de Segurança das Nações Unidas aprova, por unanimidade, a Resolução 1441 sobre o desarmamento do Iraque. A resolução impõe a Saddam Hussein o regresso dos inspetores de desarmamento da ONU ao seu território.

2003 – É anunciada a construção de uma terceira travessia sobre o Tejo, a partir de 2006, para permitir a passagem de comboios TGV.

– Começa o Congresso fundador da Nova Democracia.

– A Cruz Vermelha Internacional encerra as missões no Iraque.

2004 – Os prémios literários franceses Goncourt e Renaudot são atribuídos a Laurent Guidé, por “Le Soleil des Scorta”, e a Irène Némirovsky, por “Le Secret”.

– Em Estrasburgo, o Parlamento Europeu aprova, com 449 votos a favor, 149 contra e 82 abstenções, a “Comissão Barroso”, que entra em funções a 22 de novembro.

2005 – O Conselho de Segurança das Nações Unidas prolonga por mais um ano, até 31 de dezembro de 2006, o mandato da Força Multinacional, no Iraque.

– China e EUA assinam acordo sobre o comércio dos têxteis.

– Tiroteio no liceu de Campbell County, no Tennessee, provoca um morto e dois feridos.

2006 – Os primeiros sete notários recém-formados e não oriundos do funcionalismo público tomam posse, assumindo funções em cartórios de Lisboa, Almada, Porto, Vila Nova de Gaia, Paços de Ferreira, Viana do Castelo e Esposende.

– O Nobel da Literatura húngaro Imre Kertész recebe o prémio para o entendimento germânico e europeu atribuído pela Deutsche Gesellschaft, associação alemã para a promoção das relações políticas, culturais e sociais na Europa.

– Uma equipa de investigadores identifica uma nova estirpe do vírus da Sida em gorilas selvagens no Sul dos Camarões.

– O governo do Nepal e os rebeldes maoistas assinam um acordo de paz.

– A Assembleia-Geral da ONU aprova uma resolução a exigir o levantamento do embargo económico imposto pelos Estados Unidos a Cuba.

– O site de vídeos YouTube é considerado pela revista norte-americana Time como a melhor invenção do ano.

– O produtor português Paulo Branco recebe o Giraldillo de Ouro, atribuído pelo Festival de Cinema Europeu de Sevilha.

– Morre, aos 86 anos, Manuel Ramos, jornalista, antigo diretor do Jornal de Notícias.

2007 – O PS aprova sozinho, em votação final global, o novo sistema de gestão e avaliação do desempenho na Administração Pública, que estabelece como níveis de avaliação o desempenho inadequado, adequado e relevante

– O Governo aprova o decreto que define as regras da prova de acesso à carreira de professor, estabelecendo a realização de, pelo menos, dois exames para todos os candidatos a docentes.

2008 – Milhares de professores vindos de todo o país enchem o Terreiro do Paço em Lisboa, numa manifestação para exigir a suspensão do modelo de avaliação de desempenho proposto pelo governo.

2009 – Morre, aos 76 anos, Jorge Sá Borges, antigo ministro do Trabalho no Governo de Maria de Lourdes Pintasilgo.

– Morre, aos 93 anos, Vitali Guinzburg, cientista russo, Nobel da Física de 2003.

2011 – A Câmara dos Deputados de Itália aprova as Contas do Estado de 2010 mas o primeiro-ministro, Silvio Berlusconi, perde a maioria absoluta de 316 deputados, o que põe em dúvida a estabilidade futura do seu governo.

– Morre, aos 67 anos, Joe Frazier, ex-campeão do mundo de pesos pesados, em Filadélfia, vítima de cancro no fígado.

2012 – Morre, aos 92 anos, Clive Dunn, ator britânico, famoso pelo papel de talhante na sitcom da BBC “Dad’s Army”.

2013 – O FMI conclui a oitava e nona avaliações ao programa de ajustamento de Portugal e aprova a libertação de 1,91 mil milhões de euros para Portugal.

– O tufão Haiyan atinge o centro do arquipélago das Filipinas, provocando mais de 10.000 mortos apenas na ilha de Leyte.

2014 – Um dos doentes infetados com “legionella” morre no hospital de Vila Franca de Xira, sendo a primeira morte confirmada. Governo anuncia plano de contingência.

2016 – O Parlamento húngaro rejeita a proposta do Governo do primeiro-ministro, o conservador Viktor Orbán, de alterar a Constituição para bloquear qualquer plano futuro da União Europeia de distribuir refugiados entre os Estados-membros.

– Morre, aos 69 anos, Fernando Sollari Allegro, especialista em gastrenterologia e mentor de importantes transformações nos no Centro Hospitalar do Porto/Hospital de Santo António, vítima de cancro.

2017 – O Tribunal Constitucional espanhol anula a Declaração Unilateral de Independência aprovada pelo parlamento da Catalunha a 27 de outubro.

– Portugal é eleito para o Conselho Executivo da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), mandato que irá prolongar-se até 2021.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here