Início Breves EFEMÉRIDES DO DIA – 07 outubro 2019

EFEMÉRIDES DO DIA – 07 outubro 2019

COMPARTILHE

Principais acontecimentos verificados no dia 07 outubro 2019

Hoje é segunda-feira, 07 de outubro de 2019, ducentésimo octogésimo dia do ano.
Faltam 85 dias para o termo de 2019.
Dia Nacional dos Castelos, Dia Mundial do Habitat, Dia Mundial da Arquitetura, Dia Mundial de Prevenção do Bullying e Dia Mundial do Trabalho Digno:
Os nascidos nesta data pertencem ao signo Balança.

1806 – O papel químico é patenteado pelo inglês Ralph Wedgewood.

1849 – Morre, com 40 anos, o escritor norte-americano Edgar Allan Poe, autor de “O Corvo” e “Os Crimes da Rua da Morgue”, precursor da moderna literatura policial.

1885 – Nasce o físico dinamarquês Nils Bohr, Prémio Nobel da Física, fundador da Mecânica Quântica.

1922 – Nasce, na Costa de Caparica, António Gonçalves Ribeiro conhecido por Tarzan ou, entre os pescadores, por Roaz. Durante o longo período em que é nadador salvador salva a vida a mais de 400 pessoas.

1931 – Nasce o bispo sul-africano Desmond Tutu, Nobel da Paz em 1984.

1932 – Revolta do Regimento de Infantaria de Bragança contra a Ditadura Nacional. O levantamento será sufocado.

1934 – Nasce Ulrike Meinhof, militante extremista alemã, cofundadora das Brigadas Baader-Meinhof.

1935 – A Liga das Nações declara Itália país agressor na Abissínia, atual Etiópia.

1940 – II Guerra Mundial. As forças alemãs de Adolf Hitler invadem a Roménia.

1949 – A Alemanha Oriental passa a designar-se República Democrática Alemã.

1950 – Guerra da Coreia. A Assembleia Geral da ONU aprova o avanço das forças aliadas para norte do Paralelo 38.

1974 – Um cliente do supermercado Marsh’s em Troy, no estado norte-americano de Ohio, faz a primeira compra de um produto com código de barras.

1963 – Os EUA, de John F.Kennedy, o Reino Unido e a URSS concordam com a suspensão de experiências de armamento nuclear.

1983 – Primeira visita do presidente moçambicano Samora Machel a Portugal.

1984 – João Paulo II manifesta-se contra o crime organizado, citando a Mafia primeira vez.

1985 – Um comando palestiniano sequestra o paquete italiano Achille Lauro, com 454 pessoas a bordo.

1986 – Sai a primeira edição do diário britânico “The Independent”, o primeiro jornal não tabloide de grande circulação lançado no século XX, no Reino Unido.

1989 – O Partido Comunista Húngaro renuncia ao marxismo, em congresso, optando pela via do “socialismo democrático”.

1992 – O líder do grupo terrorista peruano Sendero Luminoso, Abimael Guzman, é condenado a prisão perpétua.

1993 – O Prémio Nobel da Literatura é atribuído à escritora norte-americana Toni Morrison, autora de “Amada”.

2000 – Vojislav Kostunica assume a Presidência da República Federativa da Jugoslávia.

2001 – Guerra do Afeganistão. Forças britânicas e norte-americanas iniciam ataque às bases talibans.

2002 – Novo ataque do atirador de Washington, na Virgínia, EUA. Morrem duas pessoas.

2003 – Morre, aos 100 anos, Eleanor Lambert, pioneira da moda nos EUA.

2004 – Atentados à bomba em instalações turísticas na estância de Taba, na península do Sinai, Egito, causam mais de 40 mortos e 124 feridos.

– O Prémio Nobel da Literatura é atribuído à escritora austríaca Elfried Jelinek.

2005 – O Prémio Nobel da Paz é atribuído à Agência Internacional da Energia Atómica e ao diretor-geral Mohamed ElBaradei.

– Médicos Sem Fronteiras denunciam expulsão de 600 imigrantes ilegais para o deserto, pelas autoridades de Marrocos.

2006 – Guimarães anuncia candidatura a Capital Europeia da Cultura em 2012.

– Vanessa Fernandes sagra-se pela primeira vez campeã da Europa de duatlo, em Rimini.

– Têm início os primeiros Jogos da Lusofonia, em que participam cerca de mil atletas de 12 países e regiões.

– Morre, com 48 anos, Anna Politkovskaia, jornalista russa, autora de “A Rússia de Putin”. Foi assassinada à porta de casa, em Moscovo.

2007 – A maratona de Chicago, corrida sob intenso calor e humidade, fica enlutada pela morte de uma pessoa, enquanto outras 250 tiveram de ser hospitalizadas.

2008 – Os ministros das Finanças da União Europeia acordam aumentar para 50 mil euros a garantia dos depósitos em caso de falência de uma entidade.

– Portugal reconhece formalmente o Kosovo, tornando-se o 48.º país do mundo e o 22.º da União Europeia a reconhecer a independência da antiga província sérvia, declarada unilateralmente há quase oito meses.

– O Comité Nobel da Academia Real Sueca atribui o prémio Nobel da Física a dois japoneses e a um norte-americano por trabalhos separados sobre física de partículas.

2009 – O Prémio Nobel da Química 2009 é atribuído aos norte-americanos Venkatraman Ramakrishnan e Thomas Steitz e à israelita Ada Yonath por trabalhos sobre “a estrutura e a função do ribossoma”.

2010 – O Prémio Nobel de Literatura é atribuído ao escritor peruano Mario Vargas Llosa.

2011 – O Prémio Nobel da Paz é atribuído pela Academia Sueca a duas liberianas Ellen Johnson-Sirleaf, presidente do país, Leymah Gbowee e a uma iemenita Tawakkul Karman.

– Morre Ramiz Alia, último presidente comunista da Albânia a quem é atribuída a abertura à democracia de um dos sistemas políticos mais isolacionistas do mundo. Tinha 85 anos.

2012 – O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, vence as eleições presidenciais com 54,42% dos votos.

– Morre, aos 82 anos, Aquilino Ribeiro Machado, engenheiro, militante e cofundador do PS. Foi o primeiro presidente da Câmara Municipal de Lisboa democraticamente eleito.

2013 – Os norte-americanos James E. Rothman e Randy W. Schekman e o alemão Thomas C. Südhof vencem o Prémio Nobel da Medicina 2013, pelas suas descobertas sobre como as células organizam o seu sistema de transporte.

– Morre, aos 68 anos, Patrice Chéreau, encenador francês e um dos mestres da cena europeia durante mais de 40 anos, tanto no cinema como no teatro e na ópera.

– Morre, com 93 anos, Ovadia Yosef, influente rabino israelita líder da comunidade sefardita e do partido ultraortodoxo Shas.

2014 – O prémio Nobel da Física é atribuído aos investigadores Isamu Akasaki, Hiroshi Amano (Japão) e Shuji Nakamura (Estados Unidos), pela invenção do díodo eletroluminescente.

– Morre Marian Seldes, atriz norte-americana considerada uma das referências do teatro da Broadway. Tinha 86 anos.

2015 – A SIVA, representante da Volkswagen, Audi e Skoda em Portugal, admite que a Autoeuropa produziu carros com dispositivos que falseiam os resultados das emissões de gases poluentes.

2018 – Jair Bolsonaro (PSL, extrema-direita) vence a primeira volta das eleições presidenciais no Brasil, com 46% dos votos, e Fernando Haddad (PT, esquerda) fica em segundo lugar, com 29%.

– O partido Ação Democrática Independente (ADI) vence as eleições legislativas em São Tomé e Príncipe, alcançando 25 mandatos no parlamento, seguindo-se o MLSTP-PSD, com 23 eleitos.

– Morre, aos 93 anos, Odette Ferreira, ex-presidente da Comissão Nacional de Luta Contra a Sida, pioneira na investigação da doença em Portugal.