Início Breves Efemérides do dia – 06 dezembro

Efemérides do dia – 06 dezembro

COMPARTILHE

Principais acontecimentos registados no dia 06 dezembro
Hoje é sexta-feira, dia 06 dezembro de 2019. Este é o tricentésimo trigésimo décimo dia do ano.
Faltam 25 dias para o termo de 2019.
Dia Internacional dos Voluntários para o Desenvolvimento Económico e Social ou Dia Mundial do Voluntariado e Dia Mundial do Solo
Os nascidos neste dia pertencem ao signo Sagitário.
1185 – Morre D. Afonso Henriques, em Coimbra. Tinha 76 anos.

1383 – D. João, Mestre de Aviz, apunhala o Conde de Andeiro, favorito da rainha Leonor Telles. O facto marca o início da revolução popular pela soberania portuguesa (1383-85).

1768 – Surge a primeira edição da Enciclopédia Britânica.

1865 – É abolida a escravatura nos EUA, com a aprovação da 13.ª Emenda à Constituição.

1910 – O Governo da I República Portuguesa reconhece o direito à greve e regulamenta o seu exercício.

1913 – É inaugurado o Theatro Polytheama (Teatro Politeama), com a estreia da opereta Valsa de Amor, com a presença do Presidente da República, Manuel de Arriaga, e do presidente do Conselho de Ministros, Afonso Costa.

1914 – Conquista da Cidade do México pela ‘Divisão do Norte’, dirigida por Francisco Villa, e pelo ‘Exército Libertador do Sul’, comandado por Emiliano Zapata.

1917 – Morrem 1600 pessoas em Halifax, na colisão de um navio belga com outro francês, carregados de munições.

1921 – O Reino Unido assina a paz com a Irlanda. O tratado estabelece o Estado Livre da Irlanda, no seio da comunidade britânica.

1925 – Desvenda-se a “Grande Burla”. É preso o português Alves dos Reis, acusado de lançar em circulação notas falsas de 500 escudos.

1938 – A França e a Alemanha de Hitler assinam o pacto de inviolabilidade das fronteiras entre os dois países.

1954 – É aprovado o Plano de Rega do Alentejo, que acabará por dar origem ao projeto da Barragem do Alqueva.

1960 – O Sal é escala do chamado “Voo da Amizade TAP/PANAIR”, que liga Lisboa ao Recife e ao Rio de Janeiro, no Brasil.

1972 – Os Estados Unidos lançam a Apollo 17, nave que efetua a última exploração lunar.

1976 – Morre, no exílio, o antigo presidente brasileiro João Goulart, derrubado em 1964, num golpe militar. Tinha 57 anos.

1978 – A Espanha aprova, em referendo, a Constituição que consagra a Democracia.

1983 – Morre, com 90 anos, Maria Lamas, escritora e pedagoga portuguesa, autora de “O Mundo dos Deuses e dos Heróis” e “As Mulheres do Meu País”.

– Explodem 14 petardos de fraca potência em Lisboa, Barreiro, Seixal, Cacilhas e Setúbal, espalhando panfletos das FP 25 de Abril.

1985 – O Reino Unido e os EUA assinam o acordo de cooperação para o programa de defesa espacial Guerra das Estrelas.

1989 – Demite-se o presidente da RDA, Egon Krenz.

1990 – O líder iraquiano, Saddam Hussein, anuncia a libertação de todos os reféns ocidentais retidos no Iraque e no Kuwait.

1991 – O Prémio Pessoa é atribuído ao investigador Cláudio Torres, diretor da Estação Arqueológica de Mértola.

1995 – A vila de Sintra e a paisagem circundante passam a Património Mundial, por decisão do comité da UNESCO.

1997 – João Carrascalão é reeleito para a liderança da União Democrática Timorense, no congresso extraordinário do partido, na Austrália.

1998 – Hugo Chavez, 44 anos, é eleito Presidente da Venezuela.

2001 – Os talibãs afegãos rendem-se em Kandahar, mas continuam a oferecer resistência noutros pontos do país.

2002 – O secretário de Estado do Tesouro dos EUA, Paul O’Neill, abandona a administração de George W. Bush, com fortes críticas à política desenvolvida.

2003 – Morre, com 94 anos, o baixo-barítono alemão Hans Hotter.

2004 – Sete dos 12 membros da comissão independente, nomeada pelo Parlamento, conclui ter havido um “ato de sabotagem” no avião em que morreram Francisco Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa, em dezembro de 1980.

– O consulado dos EUA em Jeddah, na Arábia Saudita, é atacado causando a morte de nove pessoas.

2005 – A escritora portuguesa Lídia Jorge ganha o Prémio Internacional de Literatura “Albatros”, pelo livro “O Vento Assobiando nas Gruas”.
– David Cameron, de 39 anos, é eleito líder do Partido Conservador britânico.

– 116 pessoas morrem num acidente com um avião Hércules AC-130 que levava passageiros civis – entre os quais vários jornalistas – ao embater contra um prédio nos arredores de Teerão (Irão).

2006 – Os cidadãos da União Europeia passam a dispor de uma base de dados sobre os medicamentos aprovados no espaço europeu, em www.eudrapharm.ue.

– Joseph Kabila toma posse como primeiro presidente da República Democrática do Congo eleito democraticamente em mais de 40 anos.

– É libertado, por motivos de saúde, o dissidente cubano Hector Palácios, condenado a 25 anos de prisão na primavera de 2003.

– A NASA anuncia a descoberta de vestígios de água em estado líquido na superfície de Marte.

2008 – Morre, aos 77 anos, o grão-mestre da Grande Loja Regular de Portugal, Almiro Marques.

2010 – Morre, aos 88 anos, D. Júlio Tavares Rebimbas, bispo emérito do Porto.

  1. Júlio Tavares Rebimba foi ordenado sacerdote em 1945 e 20 anos mais tarde foi eleito bispo pelo Papa Paulo VI, tomando posse da diocese do Algarve.

2012 – Morre, aos 104 anos, Oscar Niemeyer, arquiteto brasileiro, reconhecido em todo o mundo como um dos grandes expoentes da arquitetura moderna, no Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro, Brasil.

2013 – Morre, com 84 anos, o poeta moçambicano Virgílio de Lemos.

2015 – A Frente Nacional (extrema-direita) vence a primeira volta das eleições regionais em França, com um resultado nacional recorde.

2017 – O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reconhece Jerusalém como capital de Israel, afirmando que “há muito que já deveria ter sido tomada” esta decisão.

– Morre, aos 74 anos, em Paris Johnny Hallyday, considerado o pai do rock & roll francês.

2018 – Uma equipa de arqueólogos descobre novas gravuras rupestres representativas da Arte do Côa, com figuras que reproduzem bovinos selvagens e cavalos em movimento.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter