COMPARTILHE

Principais acontecimentos registados no dia 22 julho de 2019
Hoje é dia 22 de julho de 2019, ducentésimo terceiro dia do ano.
Faltam 162 dias para o termo de 2019.
Dia Mundial do Cérebro.
As pessoas nascidas hoje são do signo Caranguejo
1812 – Forças britânicas, sob o comando do Duque de Wellington, derrotam o exército de Napoleão Bonaparte em Salamanca, Espanha.

1894 – Nasce oficialmente o desporto automóvel com a realização da corrida Paris-Ruão, num percurso de 126 Km. Todos os tipos de motor são admitidos mas após as eliminatórias apenas são apurados carros a vapor e a gasolina.

O primeiro carro a transpor a meta é um Dion-Bouton a vapor, tripulado pelos seus próprios construtores, o conde Albert de Dion e Georges Bouton.

1916 – É constituído, em Tancos, sob o comando do general Norton de Matos, o Corpo Expedicionário Português.

1933 – O aviador norte-americano Wiley Post termina o primeiro voo solitário à volta do mundo.
1943 – II Guerra Mundial. Forças aliadas tomam a cidade de Palermo, Sicília.

1946 – A “Time” publica a reportagem sobre Salazar e a ditadura do Estado Novo com o título “Até que ponto o melhor de Portugal é mau”. A distribuição nacional da revista é proibida.

1950 – O rei Leopoldo III regressa à Bélgica depois de três anos de exílio.

1954 – Os enclaves portugueses de Dadrá e Nagar-Aveli são tomados por rebeldes indianos e integrados no território da União. Morrem dois militares portugueses.

1951 – O general Craveiro Lopes é eleito Presidente da República, pela União Nacional, partido único da ditadura, depois do afastamento dos candidatos da Oposição Democrática.

1968 – Morre o escritor italiano Giovanni Guareschi, criador de D. Camilo. Tinha 60 anos.
1973 – Uma sonda espacial soviética inicia a viagem de seis meses até ao planeta Marte.

1974 – É criada a Confederação da Indústria Portuguesa.

1977 – É aprovada a Lei de Bases da Reforma Agrária, chamada “Lei Barreto”, do ministro da Agricultura António Barreto.

1981 – Mehmet Ali Agca, o extremista turco que atentou contra a vida do Papa, em Roma, é condenado a prisão perpétua.
1995 – Primeiro congresso do recém-criado Partido Português das Regiões.

– A atleta Fernanda Ribeiro bate o record do mundo dos 5000 metros no Meeting Hechtel1995, na Bélgica. O record anterior, que perdurava desde 1986, pertencia à norueguesa Ingrid Kristiansen.
1997 – Reunião do presidente da África do Sul, Nelson Mandela, com Xanana Gusmão, na prisão de Jacarta, Indonésia.
1998 – Morre, com 67 anos, o pintor espanhol Antonio Saura.
2002 – O diplomata brasileiro Sérgio Vieira de Mello é nomeado Alto Comissário da ONU para os Direitos Humanos, cargo que assumirá em Setembro.

2003 – Os filhos de Saddam Hussein Udai e Qoussai são mortos por tropas dos EUA, em Mossul.

2004 – Durão Barroso é eleito presidente da Comissão Europeia.

– Morre, aos 71 anos, o cantor francês Sacha Distel.

2005 – A Câmara dos Representantes dos EUA renova o Ato Patriótico. 14 dos 16 pontos passam a permanentes e os outros dois, que permitem a vigilância e o acesso a elementos pessoais, vigoram mais por dez anos.

2006 – As tropas israelitas assumem o controlo de localidades no sul do Líbano, entre as quais Maroun al-Ras, bastião do Hezbollah.

2007 – O Partido da Justiça e do Desenvolvimento vence as eleições legislativas na Turquia, com maioria absoluta.

2008 – Salim Hamdan, ex-motorista de Usama bin Laden no Afeganistão, declara-se “não culpado” das acusações de terrorismo pelas quais começou a ser julgado num tribunal militar especial em Guantánamo. O iemenita é o primeiro prisioneiro a enfrentar um tribunal de crimes de guerra dos Estados Unidos desde a II Guerra Mundial.

– Cinco brigadas de combate norte-americanas enviadas em 2007 deixam o Iraque, permanecendo no país 147 mil soldados dos EUA.

2009 – Gripe A (H1N1). A Austrália é o primeiro país a fazer testes para aquela que viria a ser a vacina contra a gripe A. Duas empresas estreiam os ensaios clínicos em seres humanos.

2010 – Entra em vigor o novo regime excecional de contratação de médicos reformados, que define as condições em que podem ser contratados e trabalhar no Serviço Nacional de Saúde.

– O Tribunal Internacional de Justiça de Haia considera, através de parecer consultivo, que a independência do Kosovo “não viola o direito internacional geral”.

2011 – Atentado em Oslo. O ultraconservador de direita noruegês Anders Behring Breivik faz explodir um prédio do governo no centro da capital norueguesa e é autor de um tiroteio num centro de juventude do Partido Trabalhista, na ilha de Utoeya, a noroeste de Oslo. O atentado faz 77 vítimas.

2012 – Morre Pedro Ramos de Almeida, escritor, ex-dirigente do PCP. Tinha 80 anos.

– Morre, aos 60 anos, Oswaldo Payá, dissidente cubano e um dos mais destacados opositores ao regime, em consequência de um acidente de viação na província oriental de Granma.

2013 – A duquesa de Cambridge, Kate Middleton, mulher do príncipe William de Inglaterra, dá à luz um bebé do sexo masculino.

– O papa Francisco faz, no Brasil, a primeira visita ao exterior do seu pontificado.

2014 – O Governo moçambicano e a Resistência Nacional Moçambicana (Renamo), principal partido da oposição, anunciam um entendimento em relação a 95% das matérias que são objeto de negociação para o fim da crise política e militar no país.

– A Guiné Equatorial é aceite por consenso como membro de pleno direito da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), sem que tenha havido uma votação.

2017 – A Fretilin vence as legislativas timorenses com uma vantagem de cerca de mil votos em relação ao CNRT.