COMPARTILHE

Principais acontecimentos registados no dia 19 julho de 2019
Hoje é dia 19 de julho de 2019, ducentésimo dia do ano.
Faltam 165 dias para o termo de 2019.
Dia da Reserva Natural do Estuário do Tejo.

64 – Incêndio de Roma.

1830 – Carlos X recusa os resultados das eleições francesas que dão a vitória à oposição liberal.

1834 – Nasce Edgar Degas, pintor impressionista francês.

1853 – As autoridades de Nova Iorque compram, por cinco milhões de dólares, a área do Central Park, inaugurado em 1859.

1886 – Morre, aos 31 anos, o poeta português Cesário Verde, autor de “Cristalizações” e de “O Sentimento de Um Ocidental”.

1900 – Inauguração do Metro de Paris com o início do funcionamento da linha Porte Maillot-Vincennes.

1903 – Começa a primeira Volta à França em bicicleta.1911 – É criado o Museu de Arte Contemporânea, a partir da seleção das obras de arte existentes no Museu de Arte Antiga, posteriores a 1850, e é instalado no Convento de S. Francisco, num espaço vizinho da Academia de Belas Artes. É nomeado o pintor Carlos Reis como seu primeiro diretor.

1920 – Vladimir Ilich Ulianov, Lenine, abre o Komitern, II Congresso da Internacional Comunista, em Petrogrado (São Petersburgo).

1934 – Nasce Francisco Sá Carneiro, advogado, deputado da Ala Liberal à Assembleia Nacional, fundador do PPD, primeiro-ministro do VI Governo Constitucional.

1936 – Francisco Franco assume o comando do Exército Español de Marrocos, em Tetuán. Demissão do presidente do governo republicano, Santiago Casares Quiroga.
1974 – É criado o CDS, liderado por Diogo Freitas do Amaral e Adelino Amaro da Costa.

1975 – Manifestação promovida pelo PS, na Alameda D. Afonso Henriques, em Lisboa, exige a demissão do IV Governo Provisório, de Vasco Gonçalves.

1976 – Abertura da primeira sessão Legislativa da Assembleia Regional da Madeira.
1978 – Greve geral na Nicarágua, pelo afastamento do presidente Anastásio Somoza.

1979 – Vitória da revolução sandinista na Nicarágua.

1984 – O francês Jacques Delors é nomeado presidente da Comissão Europeia.
1986 – As autoridades soviéticas demitem quatro funcionários da Central de Chernobyl e responsabilizam os trabalhadores pelo desastre nuclear.

1985 – Rutura da barragem de Stava, em Itália, inunda povoações e causa 300 mortos.
1987 – Eleições legislativas. O PSD, chefiado por Aníbal Cavaco Silva, obtém a primeira maioria absoluta com 148 deputados.
1990 – O Kuwait rejeita as acusações do Iraque, segundo as quais estaria a “roubar” petróleo.

1991 – I Cimeira Ibero-Americana, em Guadalajara, fica marcada pelo primeiro encontro entre o presidente de Cuba, Fidel Castro, e o rei de Espanha, Juan Carlos.
1992 – O juiz italiano Paolo Borselino é assassinado em Palermo.
1993 – Abre a Fundação Luso-Brasileira para o Desenvolvimento do Mundo de Língua Portuguesa, no Brasil.

– Inauguração da Ponte do Tuy, entre Portugal e Espanha.

1995 – Chega a Portugal a cadeia de supermercados Lidl, que num só dia abre 13 lojas.
1996 – Começam os XXVI Jogos Olímpicos, em Atlanta, EUA.

1997 – O IRA determina o cessar-fogo incondicional, na perspetiva de relançamento do acordo de paz para a Irlanda do Norte.

2002 – O PCP anuncia, em Lisboa, a expulsão dos militantes Edgar Correia e Carlos Luís Figueira e a suspensão por dez meses de Carlos Brito por “desrespeito das regras e princípios estatutários essenciais” do partido.
2003 – Incêndio na Sertã devasta a maior mancha de pinheiro bravo da Europa.

2005 – Tomada de posse do Governo libanês de Fuad Siniora que integra, pela primeira vez, xiitas do Hezbollah.

2006 – José Agostinho Baptista recebe o Grande Prémio de Poesia APE/CTT.

– O presidente russo Vladimir Putin dá à Gazprom o monopólio da exportação de gás do país.

– Morre Jack Warden, ator norte-americano, chefe de redação do Washington Post em “Os Homens do Presidente” e aliado de Paul Newman em “O Veredicto”. Tinha 85 anos.

2007 – É ratificada na Assembleia da República a Convenção das Nações Unidas Contra a Corrupção, subscrita por Portugal em 11 de dezembro de 2003.

– As entidades reguladoras dos serviços energéticos de Portugal e Angola assinam um protocolo de cooperação, contemplando a formação e a troca de experiências nas áreas da organização e regulação do serviço.

– A Associação Portuguesa das Empresas do Sector Privado e Emprego (APESPE) cria a figura do provedor para o trabalho temporário e escolhe para o cargo o deputado socialista Vitalino Canas.

– Isaías Ngola Samakuva é reeleito presidente da UNITA, o maior partido político angolano na oposição.

2008 – Morre, aos 101 anos, a atriz brasileira Dercy Gonçalves. Tornou-se conhecida imitando e satirizando as vozes e os trejeitos de Carmen Miranda e Orlando Silva.

2010 – Morre, aos 85 anos, o australiano David Warren, inventor da caixa negra dos aviões que regista toda a atividade da navegação, após a morte do pai num acidente aéreo.

– Morre, com 65 anos, Stephen Schneider, pioneiro dos estudos de climatologia, fundador da revista “Climate Change”, académico, consultor da Casa Branca desde a presidência de Richard Nixon, membro, com Al Gore, do “Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas da ONU”, que recebeu o Nobel da Paz de 2007.

– Morre, aos 81 anos, Cécile Aubry, atriz francesa famosa na década de 50, que posteriormente se tornou escritora de livros infantis que adaptou à televisão.

2011 – Morre, com 91 anos, Pierre Jonquéres d’Oriola, duplo campeão olímpico de saltos de obstáculos.

2013 – O secretário-geral do PS, António José Seguro, faz uma declaração ao país em que anuncia o fim do processo de diálogo tripartido e acusa os dois partidos da maioria (PSD e CDS-PP) de inviabilizarem o acordo de salvação nacional.

– O português Rui Costa (Movistar) conquista a sua segunda vitória em etapas na 100.ª Volta a França em bicicleta, ao chegar isolado a Le Grand Bornand, depois de uma longa fuga.

2014 – Morre, aos 80 anos, o escritor brasileiro Rubem Alves.

2015 – Nove pessoas são indiciadas pela Polícia Federal no inquérito da 14ª fase da Lava Jato relacionado à construtora Andrade Gutierrez. Entre elas, está o presidente da construtora, Otávio Marques de Azevedo.

2017 – O parlamento aprova uma proposta do Governo que pretende reforçar a proteção dos investidores perante o sistema financeiro, alterando o quadro regulatório das políticas de remuneração dos gestores e reforçando as sanções.

– O parlamento aprova a alteração do regime jurídico aplicável às ações de arborização e rearborização, a alteração do Sistema de Defesa da Floresta contra Incêndios e a criação de um sistema de informação cadastral simplificada.

– O antigo vice-reitor da Universidade Independente Rui Verde é condenado a quatro anos e dois meses de prisão, pena suspensa por igual período, por três crimes de falsificação de documentos e um de fraude fiscal qualificada.

2018 – Tribunal Supremo espanhol decide cancelar o mandado europeu de detenção do ex-presidente do Governo catalão Carles Puigdemont, recusando-se a julgar o independentista em fuga apenas pelo alegado delito de peculato e não pelo de rebelião, na sequência da decisão da justiça alemã a um pedido de extradição.

– Morre, aos 67 anos, João Sobrinho, antigo campeão europeu e mundial de hóquei em patins, que a nível de clubes se destacou no Sporting.