COMPARTILHE

Principais acontecimentos registados no dia 14 agosto de 2019
Hoje é quarta-feira, dia 14 de agosto de 2019, ducentésimo vigésimo sexto dia do ano.
Faltam 139 dias para o termo de 2019.
Leão é o signo dos nascidos nesta data.

1385 – Batalha de Aljubarrota, sob o comando de D. João I e Nuno Álvares Pereira. As forças portuguesas vencem João de Castela.

1443 – Morre, com 76 anos, D. João I. Sucede-lhe o filho D. Duarte.

1784 – É fundada a primeira colónia russa na Ilha de Kodiak, Alaska.

1811 – Declaração de independência do Paraguai.

1830 – É promulgada a Carta Constitucional em França.

1867 – Nasce o escritor britânico John Galsworthy, autor de “A Família Forsythe”.

1890 – É inaugurado o Coliseu dos Recreios, em Lisboa.

1910 – Nasce o compositor francês Pierre Schaeffer, pioneiro da chamada “música concreta”.

1936 – Guerra Civil de Espanha. Tropas comandadas pelo general Francisco Franco e pelo coronel Juan Yague tomam Badajoz.

1939 – II Guerra Mundial. Adolf Hitler estabelece a estratégia para a invasão da Polónia.

1941 – O presidente dos EUA Frank D. Roosevelt e Winston Churchill, líder do Governo britânico, assinam a Carta do Atlântico. O documento revelar-se-á o ponto de partida para a Organização das Nações Unidas.

1945 – II Guerra Mundial. O Japão aceita as condições de rendição impostas pelos aliados, depois dos ataques a Hiroshima e Nagasaki.

1947 – Paquistão assinala a independência, um dia antes da Índia.

1951 – É inaugurada em Lisboa a Igreja do Santo Condestável, no bairro de Campo de Ourique.

1956 – Morre o dramaturgo alemão Bertold Brecht. Tinha 58 anos.

1958 – O ditador português Oliveira Salazar reforça as pastas da Defesa e do Ultramar.

1960 – Morre, com 70 anos, o poeta, historiador e político português Jaime Cortesão.

1962 – As equipas de operários de Itália e França encontram-se no final das obras de perfuração do túnel do Monte Branco, que liga Chamonix, na Alta Saboia (França) a Courmayeur, no Vale de Aosta (Itália).

1971 – Independência do Bahrain.

1973 – Terminam os bombardeamentos norte-americanos no Cambodja, pondo fim a 12 anos de combates na Indochina.

1974 – Manifestação anticolonial em Lisboa. É pedida a independência dos territórios sob administração portuguesa.

1981 – Morre, com 87 anos, o maestro austríaco Karl Boehm, referência na interpretação de obras dos períodos clássico e romântico.

1984 – O Diário da República publica a Lei de bases da Segurança Social.

1991 – Morre a escritora Lídia da Fonseca. Tinha 75 anos.

1992 – Morre o juiz norte-americano John Sirica, um dos protagonistas da investigação do caso Watergate. Tinha 88 anos.

1994 – Morre o escritor de origem búlgara Elias Canetti, autor de “Auto de Fé” e “O Poder e as Massas”, Nobel da Literatura em 1981. Tinha 89 anos.

1995 – Morre o etnólogo português Fernando Galhano. Tinha 91 anos.

– Morre, com 84 anos, o maestro de origem romena Sergiu Celibidache.

1999 – Começa a campanha para a consulta popular sobre a independência de Timor-Leste.

2001 – Macedónios e albaneses assinam o acordo de paz de Skopje, aceite pela guerrilha albanesa.

2002 – O Tribunal indonésio para os crimes cometidos em Timor-Leste absolve seis militares, entre eles o antigo chefe da polícia de Díli, ilibando-os de responsabilidade pelos crimes de 1999.

– Estreia do futebolista Cristiano Ronaldo no Sporting.

2003 – O Conselho de Segurança das Nações Unidas aprova a resolução 1500 que reconhece o Conselho de Governo transitório do Iraque e cria a Missão de Assistência das Nações Unidas (MANUI).

– Começa o “apagão” de quase dois dias da América do Norte, que afeta o nordeste dos EUA, incluindo a cidade de Nova Iorque, e o sudeste do Canadá.

2004 – Rebeldes hutus atacam o campo de refugiados tutsi de Gatumba, no Burundi, provocando a morte a cerca de 160 pessoas.

– Morre, com 93 anos, Czeslaw Milosz, poeta e romancista polaco, Nobel da Literatura em 1980, autor de “A Tomada do Poder”.

2005 – Banda irlandesa U2 fecha digressão europeia em Lisboa e recebe a Ordem da Liberdade.

– Queda de avião cipriota, a Norte de Atenas, causa a morte de 121 passageiros e tripulantes.

2006 – Entra em vigor o cessar-fogo que põe fim aos 34 dias da guerra israelo-libanesa. O balanço, no Líbano, aponta para mais de 1.200 mortos, perto de quatro milhares de feridos e cerca de um milhão de deslocados. Em Israel, a guerra provocou 116 mortos e 450 feridos.

2007 – A nova lei do tabaco que limita o fumo em locais públicos fechados e estabelece sanções até 250 mil euros para os infratores é publicada em Diário da República, para entrar em vigor em 2008.

– Morre, com 94 anos o compositor russo Tikhon Khrennikov.

2008 – Governo espanhol aprova plano de choque com 24 medidas económicas.

2009 – O Banco Privado Atlântico – Europa, de capitais maioritariamente angolanos, inicia a sua atividade em Portugal na área da banca de investimento.

– Morre Les Paul, guitarrista norte-americano. Tinha 94 anos.

2010 – O Museu da Arte Islâmica do Cairo, o maior do mundo, é inaugurado após oito anos de restauro.

– Patrice Emery Trovoada, eleito primeiro-ministro nas eleições de 01 de agosto em São Tomé e Príncipe, toma posse juntamente com os 10 ministros e um secretário de estado.

– Morre, com 80 anos, a cantora e compositora de jazz Abbey Lincoln.

2013 – O vice-presidente egípcio Mohamed El Baradei, com a tutela das relações exteriores, apresenta a sua demissão, após os confrontos violentos registados no Egito. Quase 280 pessoas morrem e duas mil ficaram feridas em resultado dos confrontos na cidade do Cairo e noutras províncias egípcias depois da ação policial contra os acampamentos dos apoiantes do Presidente deposto Mohamed Morsi.

– O soldado norte-americano Bradley Manning faz um pedido de desculpas num tribunal militar por causa das suas revelações no ‘Wikileaks’, reconhecendo que “feriu” o seu país.

– O Governo aprova, em Conselho de Ministros, o novo regime jurídico do setor público empresarial, que prevê um visto prévio do IGCP para novo endividamento das empresas públicas e que cria uma unidade de acompanhamento.

2014 – O Tribunal Constitucional (TC) declara constitucional a norma que estabelece os cortes salariais no setor público nos anos de 2014 e 2015 e declara inconstitucionais reduções nos anos de 2016 a 2018.

O TC considera inconstitucionais duas normas do diploma que cria a contribuição de sustentabilidade, nomeadamente a que define o seu âmbito de aplicação e a sua fórmula de cálculo, por “violação do princípio da proteção de confiança” e decide ainda não analisar a nova fórmula de atualização anual de pensões, por considerar que existe falta de elementos no diploma.

– A Portugal Telecom admite não conseguir obter o pagamento dos quase 900 milhões de euros que a Rioforte deve à empresa e alerta que isso terá impacto significativo na “situação financeira e liquidez” da empresa.

2015 – O eurogrupo e o parlamento grego dão ‘luz verde’ ao terceiro resgate financeiro, no valor de até 86 mil milhões de euros até 2018. Tsipras fica debilitado ao perder o apoio de 47 deputados do Syriza.

2016 – O nadador norte-americano Michael Phelps conquista o seu 23.º título olímpico, terminando a carreira com a vitória dos Estados Unidos na final da estafeta de 4×100 metros estilos no Rio2016.

2017 – A China, principal parceiro e apoiante da economia norte-coreana, anuncia a suspensão das importações de ferro, chumbo e dos minérios destes dois metais e de produtos do mar da Coreia do Norte, aplicando as sanções decididas pela ONU.

– Morre, aos 90 anos, Huang Youliang, última sobrevivente do grupo de mulheres chinesas que denunciou o exército japonês por usá-las como escravas sexuais na invasão da China (1937-1945), durante a Segunda Guerra Mundial.

2018 – O colapso de um viaduto na autoestrada A10, no norte da Itália, mata 43 pessoas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here