COMPARTILHE

Principais acontecimentos registados no dia 11 junho

Hoje é terça-feira, dia 11 de junho, centésimo sexagésimo segundo dia do ano.
Faltam 203 dias para o termo de 2019.

– Morre, com 55 anos, D. João III, em Belém. Suceder-lhe-á o neto, D. Sebastião, com a regência assumida pela viúva, D. Catarina.

1704 – Nasce, em Coimbra, o compositor português José António Carlos de Seixas, organista da Sé de Coimbra, vice-mestre da Patriarcal de Lisboa.

1833 – D. Pedro V aprova a proposta de constituição e os estatutos do Museu Portuense, actual Museu Soares dos Reis, inaugurado em 1840.

1891 – Abre a linha urbana dos caminhos de ferro de Lisboa, com a ligação Rossio-Campolide.

1892 – É assinado o contrato para a colocação de cabos submarinos entre Portugal Continental e os Açores, com a Europe and Azores Telegraph Company.

1899 – É criada a Assistência Nacional aos Tuberculosos e a Liga Nacional contra a Tuberculose.

1942 – II Guerra Mundial. Holocausto. O SS Adolf Eichmann define o processo de transporte de judeus de França, Bélgica e Holanda para os campos de extermínio.

1943 – II Guerra Mundial Holocausto. Heinrich Himmler, responsável máximo das SS de Hitler, ordena a liquidação dos guetos na Polónia ocupada.

1950 – O pintor e escultor francês Henri Matisse recebe o prémio da Bienal de Veneza.

1955 – Um acidente na corrida de automóveis de Le Mans causa a morte a 77 pessoas.

1959 – A ditadura põe fim ao sufrágio directo do Presidente da República, com a revisão da Constituição de 1933, um ano após a candidatura de Humberto Delgado.

– O primeiro “hoverccraft” é lançado em Southampton, no Reino Unido.

1962 – Fuga de Alcatraz.

Frank Morris, John Anglin e Clarence Anglin, presos por assaltos a bancos, burlam o sistema de segurança da prisão federal de Alcatraz, nos EUA, apelidada de a rocha por ter sido construída de forma a tornar impossível qualquer fuga. Não se sabe se chegaram a terra, a polícia desistiu das investigações décadas mais tarde e declarou-os mortos. Os corpos nunca foram encontrados.

1971 – É fundado o Partido Socialista francês.

1973 – O chanceler alemão federal Willy Brandt termina a primeira visita a Israel, apelando à amizade entre judeus e alemães.

1979 – Morre, aos 72 anos, o actor norte-americano John Wayne, protagonista de “A Desaparecida” e “O Homem Tranquilo”, de John Ford.

1984 – Morre, com 62 anos, Enrico Berlinguer, líder do Partido Comunista Italiano desde 1972, figura-chave no eurocomunismo.

1987 – Margaret Thatcher, do Partido Conservador, vence, pela terceira vez consecutiva, as eleições britânicas.

1998 – As Nações Unidas lançam o primeiro apelo para a fome no Sudão, que afecta mais de um milhão de pessoas.

1999 – O Prémio Camões é atribuído a Sophia de Mello Breyner Andresen.

– Conselho de Segurança da ONU estabelece a Missão de Auxílio em Timor-Leste (UNAMET), liderada pelo britânico Ian Martin.

2001 – Timothy McVeigh é executado na prisão de Terre Haute, Indiana, EUA, pelo atentado de Oklahoma, a 19 de abril de 1995.

2002 – Morre o publicitário e editor de banda desenhada Telmo Protásio. Tinha 81 anos.

2005 – Morre, aos 83 anos, Vasco Gonçalves, antigo primeiro-ministro (II- V Governos Provisórios, 1974-75), general, antifascista.

2007 – A diplomacia europeia inicia negociações com a Líbia num último esforço para tentar libertar cinco enfermeiras búlgaras e um médico palestiniano condenados à morte por inoculação do vírus da Sida em crianças líbias.

2008 – O grupo norte-americano da Internet Google ganha o prémio Príncipe das Astúrias da Comunicação 2008

– Morre, aos 85 anos, o antigo primeiro-ministro vietnamita Vo Van Kiet, grande arquitecto das reformas económicas do país comunista.

2009 – Gripe A (H1N1). A OMS decreta o nível 6 de alerta, o último na escala pandémica, anunciando oficialmente a primeira pandemia do século XXI.

– O Manchester United aceita a proposta recorde de 93 milhões de euros do Real Madrid para adquirir o futebolista português Cristiano Ronaldo

– Morre Ricardo Rangel, “o pai” do fotojornalismo moçambicano. Tinha 85 anos.

2011 – Um recorde mundial com 10 anos é batido em Fátima, com a concentração de 2.310 motorizadas antigas.

2012 – Três partidos de esquerda – Partido Socialista, Os Verdes e a Frente de Esquerda – conseguem 47% dos votos na primeira volta das eleições legislativas em França.

– O espanhol Rafael Nadal conquista o “Grand Slam” francês de Roland Garros pela sétima vez, um feito inédito no ténis mundial.

2013 – A Comissão Europeia aprova a aquisição da ANA – Aeroportos de Portugal pela empresa francesa Vinci, depois de concluir que a operação de privatização, prevista no programa de assistência financeira, não viola regras comunitárias de concorrência.

– Morre, com 63 anos, Graça Barroso, bailarina que integrou o ballet Gulbenkian e fundou a Companhia Portuguesa de Bailado Contemporâneo.

– O Governo da Grécia anuncia o “encerramento imediato” da radiotelevisão pública grega ERT, com 2.600 trabalhadores. As instalações são ocupadas e as emissões emitidas através da internet.

2014 – O grupo de comunicação social Controlinveste, detentor do Jornal de Notícias, Diário de Notícias, TSF e Jogo, entre outras publicações, anuncia o despedimento colectivo de 140 trabalhadores e a saída, por mútuo acordo, de mais 20.

– O Congresso de Deputados espanhol aprova com ampla maioria a norma, de um só artigo, que formaliza a abdicação do rei Juan Carlos, durante uma sessão histórica da câmara baixa das Cortes Gerais espanholas.

2015 – O Governo decide vender o grupo TAP, dono da transportadora aérea nacional, ao consórcio Gateway, do empresário norte-americano e brasileiro David Neeleman e do empresário português Humberto Pedrosa, rejeitando pela segunda vez a proposta de Germán Efromovich.

– Morre Jack King, antigo responsável das relações públicas da NASA, conhecido como a “Voz de Apolo”. Tinha 84 anos.

– Morre, aos 85 anos, Ornette Coleman, músico, figura histórica e inovadora do jazz.

2016 – Morre José Manuel Paquete de Oliveira, sociólogo, professor emérico do ISCTE. Tinha 79 anos.

2017 – A Inglaterra sagra-se pela primeira vez campeã do mundo de futebol de sub-20, ao derrotar a Venezuela, por 1-0, na final do Mundial, que foi disputada em Suwon, na Coreia do Sul.