COMPARTILHE

Principais acontecimentos registados no dia 11 julho

Hoje é quinta-feira, dia 11 de julho de 2019, centésimo nonagésimo segundo dia do ano.
Faltam 173 dias para o termo de 2019

Dia Mundial da População
1536 – Morre Erasmo de Roterdão, figura central do humanismo europeu.

1768 – Morre o compositor espanhol José Melchior de Nebra Blasco.

1810 – Napoleão anexa a Holanda.
1822 – As Cortes Constituintes votam a Lei Eleitoral, a primeira em Portugal a prever o voto direto e secreto.

1836 – Nasce o compositor brasileiro Carlos Gomes, autor da ópera “O Guarani”.

1846 – Nasce o escritor francês Leon Bloy.

1919 – A Holanda estabelece a jornada de trabalho de oito horas.

1921 – Tréguas entre a Inglaterra e o Sinn Fein, na Irlanda.

1930 – Nasce o filólogo norte-americano Harold Bloom, autor de “O Canon Ocidental”.

1932 – Revolução constitucionalista no Brasil contra a ditadura de Getúlio Vargas. O Governo de São Paulo e o povo do Estado reclamam eleições e promulgam a Constituinte.

1936 – Pacto de Paz entre a Alemanha de Hitler e a Áustria. A anexação do país pelas forças nazis ocorreria em 1938.

1937 – Morre o compositor norte-americano George Gershwin, autor de “Porgy and Bess”. Tinha 38 anos.

1960 – Independência do antigo Congo belga.

1972 – Guerra Colonial. Ação das Brigadas Revolucionárias contra transportes do Exército em Cabo Ruivo, Lisboa.

1973 – Marcello Caetano, presidente do Governo, nega o massacre de Wiriyamu, em Moçambique, que causou perto de 400 vítimas civis, revelado na véspera pelo jornal The Times.

1974 – Morre o escritor sueco Per Lagerquist, Nobel da Literatura em 1951.
1978 – Um camião cisterna carregado de combustível despista-se e explode perto do parque de campismo de Terragona, Espanha. Morrem mais de 180 pessoas.
1979 – O laboratório espacial norte-americano Skylab desintegra-se ao entrar na atmosfera terrestre, depois de seis anos em órbita.

1989 – Morre, aos 82 anos, o actor inglês Laurence Olivier, protagonista de “Rebecca”, “Ricardo III”, “Hamlet”.

1992 – O escritor português José Saramago recebe o Prémio de Romance e Novela da APE, por “O Evangelho Segundo Jesus Cristo”.
1995 – Guerra na Bósnia. Massacre de Srebrenica. Mais de 7.000 muçulmanos bósnios são executados e os corpos enterrados em valas comuns.

– O ex-secretário de Estado norte-americano Henry Kissinger admite ter tido conhecimento da invasão de Timor-Leste, em 1975, um dia antes do facto.
1996 – O Tribunal Penal Internacional para a ex-Jugoslávia emite o mandado de captura contra os líderes sérvios bósnios Radovan Karadzic e Ratko Mladic, por crimes contra a humanidade e genocídio.
1999 – O secretário-geral da ONU adia o recenseamento para o referendo em Timor-Leste e exige condições de segurança ao Governo indonésio.
2000 – Começa em Camp David, EUA, a cimeira de paz israelo-palestiniana entre Ehud Barak e Yasser Arafat, com mediação de Bill Clinton.

2001 – Portugal conquista 20 medalhas, entre as quais três de ouro, no campeonato mundial de atletismo para deficientes.

– Morre a cantora portuguesa Cândida Branca Flor. Tinha 51 anos.
2002 – A Assembleia da República aprova o Regime de Exceção para os Touros de Morte, em Barrancos.

2003 – O grupo Pestana vence a operação de privatização da Enatur.

2005 – O Tribunal de Setúbal absolve duas mulheres acusadas da prática de aborto, a pedido do Ministério Público e da defesa.

2006 – O antigo primeiro-ministro timorense Mari Alkatiri é constituído arguido no processo sobre a distribuição de armas a civis.

– Morre, aos 91 anos, o antigo inspetor da PIDE António Rosa Casaco, líder da brigada que assassinou o general Humberto Delgado.

2007 – O Tribunal da Relação de Lisboa confirma a condenação de Vale e Azevedo e da notária Lídia Menezes no caso “Dantas da Cunha”.

– Os quatro homens considerados culpados de conspiração terrorista pelos atentados falhados de 21 de julho de 2005 em Londres são condenados a prisão perpétua.

– O sociólogo britânico de origem alemã Ralf Dahrendorf é galardoado com o Prémio Príncipe das Astúrias das Ciências Sociais 2007.

– O Centro de Educação Judaico-Árabe, com o projeto “Mão na Mão”, que promove o bilinguismo e o diálogo inter-cultural em Israel, vence a primeira edição do Prémio Internacional Calouste Gulbenkian.

2008 – O preço do petróleo atinge o valor máximo de 147,27 dólares

– A Lei de Segurança Interna é aprovada em votação final, na Assembleia da República, apenas com os votos do PS, mas dois deputados socialistas – Manuel Alegre e Teresa Alegre Portugal – juntaram-se à oposição no voto contra

– Morre, aos 99 anos, o cirurgião cardiovascular Michael DeBakey, pioneiro das operações para fazer “bypass”, em Houston, sul do Texas, EUA.

2010 – A Espanha vence pela primeira vez um Campeonato do Mundo de Futebol (na África do Sul) tendo derrotado a seleção da Holanda por 1-0 após prolongamento.

– A seleção portuguesa de râguebi de sevens sagra-se, pela sétima vez, campeã da Europa, ao derrotar na final a França por 12-05.

– Atentado à bomba, no Uganda, faz 74 mortos e é reivindicado pelo grupo islamita somali al-Shabaab, com ligações à Al-Qaeda.

2011 – Primeiro transplante bilateral de pernas do mundo é feito por Cavadas no Hospital La Fe de Valência, numa intervenção com a participação de cerca de quarenta profissionais do hospital e da Fundação Cavadas.

2012 – O presidente do Governo espanhol, Mariano Rajoy, anuncia um conjunto de “novos esforços” para combater o défice, com medidas do lado da despesa e da receita, incluindo a suspensão do subsídio de Natal para funcionários públicos, deputados e senadores.

– Morre Teofilo Stevenson, cubano, tricampeão olímpico de boxe, de ataque cardíaco, em Havana, Cuba. Tinha 60 anos.

2013 – A Assembleia da República aprova na generalidade as propostas do Governo sobre o aumento do horário de trabalho no Estado de 35 para 40 horas semanais e o sistema de requalificação de funcionários públicos, que deverão entrar em vigor no verão.

– A presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves, admite rever as regras de acesso dos cidadãos às galerias do hemiciclo após um longo protesto que incluiu vaias, gritos, balões e lançamento de papéis.

– Morre, aos 83 anos, Nuno Fisher Lopes Pires, um dos militares que “dirigiu as operações da ação libertadora” que conduziram ao 25 de Abril de 1974, no Hospital das Forças Armadas, em Lisboa.

2014 – Morre, aos 76 anos, Charlie Haden, contrabaixista norte-americano que gravou a “Grândola” e compôs com Carlos Paredes, em Los Angeles.

2015 – Morre, aos 55 anos, Satoru Iwata, presidente da Nintendo, vítima de cancro.

2017 – Dezoito elementos da PSP são acusados pelo Ministério Público de denúncia caluniosa, injúria, ofensa à integridade física e falsidade de testemunho, num caso que remonta a 2015 e envolve agressões a jovens da Cova da Moura (Amadora).

– O Senado do Brasil aprova o texto principal do projeto da reforma do sistema laboral do país.

– O Presidente da República promulga o decreto do Governo que regulamenta a atualização extraordinária das pensões, a atribuir a partir de agosto aos pensionistas que recebam até 631,98 euros.