COMPARTILHE

Principais acontecimentos registados no dia 07 junho

Hoje é dia 07 de junho, sexta-feira, centésimo quinquagésimo oitavo dia do ano.
Faltam 207 dias para o termo de 2019.

1494 – Portugal e Espanha assinam o Tratado de Tordesilhas.

1654 – Coroação de Luís XIV, de França.

1755 – É criada a Companhia Geral do Grão-Pará e Maranhão. O Alvará Régio será emitido a 30 de outubro de 1756.

1776 – O Congresso Continental aprova a proposta de elaboração da Declaração de Independência dos EUA.

1801 – Assinatura do Tratado de Badajoz, com data 06 de junho. Portugal perde a cidade e o termo de Olivença.

1848 – Nasce o pintor pós-impressionista Paul Gaugin.

1862 – Os EUA e o Reino Unido assinam o tratado para a erradicação do comércio de escravos.

1888 – É inaugurada a primeira Exposição Industrial Portuguesa, na Avenida da Liberdade, em Lisboa.

1892 – Prisão do cidadão negro de Nova Orleães Homer Plessy, por se sentar num autocarro. O caso é levado ao Supremo Tribunal dos EUA que impõe a decisão “separados mas iguais”, conduzindo à existência de lugares sentados para brancos e negros nos transportes públicos.

1921 – Abre o primeiro Parlamento da Irlanda do Norte.

1939 – Primeira visita oficial de um soberano britânico aos EUA, com a chegada de Jorge VI a Niágara.

1942 – II Guerra Mundial. Termina a Batalha de Midway, com a vitória dos EUA sobre a armada japonesa.

1948 – Moscovo completa a tomada de poder na Checoslováquia, com a demissão do presidente Eduard Benes.

1967 – Guerra dos Seis Dias. As forças israelitas entram no Egipto e atingem o Canal do Suez.

– Morre, com 73 anos, a escritora norte-americana Dorothy Parker.

1968 – Em Espanha, a ETA comete o seu primeiro assassinato.

1972 – Estreia do musical “Grease”, em Nova Iorque.

1975 – Os EUA retiram o último avião de combate estacionado em Taiwan.

1979 – Demite-se o primeiro-ministro português Carlos Mota Pinto, conduzindo à nomeação de um Governo de gestão, de iniciativa presidencial, liderado por Maria de Lurdes Pintasilgo.

– Primeiro dia das primeiras eleições por sufrágio universal para o Parlamento Europeu.

1985 – Termina cimeira da NATO, sem concessão de apoio à proposta de defesa estratégica dos EUA Guerra da Estrelas.

1992 – Primeira e única actuação de Frank Sinatra em Portugal, no estádio das Antas, no Porto.

1995 – A escritora portuguesa Maria Velho da Costa recebe o Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco, pelo livro “Dores”.

– Início da Conferência Internacional para a Paz e Reconciliação, no Ulster.

1996 – Termina a segunda fase de reprivatização da Portugal Telecom, subindo a 49% o capital da empresa admitido à cotação nas bolsas de Lisboa, Londres e Nova Iorque.

1998 – Revolta militar na Guiné-Bissau contra o presidente Nino Vieira.

1999 – As autoridades guineenses autorizam a saída do país do antigo presidente Nino Vieira.

2000 – O juiz norte-americano Thomas P. Jackson sentencia a divisão da Microsoft Corporation, por violação das leis anti trust.

2001 – Tony Blair, do Partido Trabalhista, vence pela segunda vez as eleições no Reino Unido.

2003 – A Rússia ratifica o tratado de redução de armas nucleares.

– Primeira eleição de um bispo homossexual assumido pela igreja episcopal de New Hampshire, EUA.

2005 – É criada a África PT, que agrega os negócios do grupo neste continente.

2006 – O ministro da Economia anula a decisão da Autoridade da Concorrência que impede a fusão da Brisa com a Auto-Estradas do Atlântico. É a primeira vez que um executivo contraria a decisão de uma entidade reguladora.

– O relatório do Conselho da Europa sobre os voos da CIA identifica Portugal como um dos 14 países usados para escala no transporte de prisioneiros.

– A Agência Lusa lança o serviço multimédia SMS4AllNews.

2007 – A escritora nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie, expoente da nova geração da literatura africana, ganha o prémio internacional Orange para escritoras em língua inglesa, pela novela “Half of a Yellow Sun”, centrada na Guerra Civil da Nigéria, também conhecida como Guerra do Biafra (6 de Julho de 1967 a 13 de Janeiro de 1970).

2008 – A senadora Hillary Clinton suspende oficialmente a campanha eleitoral nas primárias democratas e formaliza o total apoio ao senador Barack Obama.

– Morre, aos 91 anos, o cineasta Dino Risi, “pai da comédia italiana”. Tornou-se nos anos 50 num dos grandes realizadores de comédias à italiana, com alguns grandes sucessos como Fanfaron, os Monstros ou ainda Perfume de Mulher

2009 – Eleições europeias. O PSD vence as eleições para o Parlamento Europeu com 31,7 por cento dos votos, com uma ligeira vantagem sobre o PS, que obtém 26,6 por cento. O Bloco de Esquerda duplica a votação conseguida em 2004 – de 4,9 por cento para perto de 11 por cento. Os comunistas também sobem, passando de 9,1 por cento para 10,7 por cento. O CDS elege dois eurodeputados com 8,4 por cento dos votos.

– As duas jornalistas norte-americanas detidas na Coreia do Norte por terem entrado “ilegalmente” no país são condenadas a 12 anos de trabalhos forçados.

2010 – Realiza-se o primeiro casamento entre pessoas do mesmo sexo em Portugal, às 09:42, na 7.ª Conservatória do Registo Civil de Lisboa. Helena Paixão, de 40 anos, e Teresa Pires, de 33, tornaram-se cônjuges durante uma cerimónia com ampla cobertura mediática.

2011 – Morre, aos 87 anos, o escritor e político espanhol Jorge Semprún.

– Morre o produtor musical Martin Rushent, que trabalhou com bandas como os Stranglers, Human League e Fleetwood Mac. Tinha 63 anos.

2012 – Em Moçambique, o conselho de ministros ratifica o Acordo Ortográfico.

– Morre, aos 66 anos, Bob Welch, ex-vocalista e guitarrista da banda de rock britânica Fleetwood Mac.

2013 – A Coreia do Norte anuncia a reabertura da linha telefónica de emergência com a Coreia do Sul, cortada por Pyongyang em março devido às tensões bilaterais.

– Morre Pierre Mauroy, antigo primeiro-ministro francês e primeiro chefe de Governo socialista (1981-1984) da V República, sob a presidência de François Mitterrand. Tinha 84 anos.

2014 – Morre José Barata, sargento-ajudante último sobrevivente da Revolta dos Marinheiros de 1936. Tinha 97 anos.

2015 – O “não” ao direito de voto dos imigrantes nas legislativas vence o referendo no Luxemburgo, com 78% dos votos, frustrando as aspirações de muitos portugueses, que representam 16% da população.

– O partido do Presidente islamita-conservador turco Recep Tayyip Erdogan perde a maioria absoluta que detinha no parlamento há 13 anos.

– Morre, com 93 anos, Christopher Lee, actor britânico que participou em filmes como James Bond, Guerra das Estrelas, o Senhor dos Anéis e Drácula.

2016 – Nasce o bebé com mãe em morte cerebral há 15 semanas, no Hospital de São José, um facto inédito na medicina portuguesa.

– Morre José de Barros Carvalho e Mello Mourão, conhecido por Tunga, pintor, escultor e o primeiro artista brasileiro a expor no Museu do Louvre. Tinha 64 anos.