COMPARTILHE

Principais acontecimentos registados no dia 06 junho

Hoje é quinta-feira, dia 06 de junho, centésimo quinquagésimo sétimo dia do ano.
Faltam 208 dias para o termo de 2019.
Dia Internacional da Corrida, Dia Internacional para a Segurança em Passagens de Nível, Dia do Yo Yo e Dia de Jogar Tetris.

1755 – É restituída a liberdade aos índios do Grão-Pará e Maranhão.

1759 – Sebastião José de Carvalho e Melo recebe o título de conde de Oeiras “com mercê” de Pombal.

1789 – Decretada a deserção de Manuel Maria Barbosa du Bocage, tenente de infantaria da 5.ª Companhia da guarnição da praça de Damão.

1840 – Terminam as Guerras Carlistas, em Espanha.

1844 – A YMCA, associação cristã da juventude, é fundada em Londres.

1853 – Alexandre Herculano inicia a recolha dos “Portugaliae Monumenta Historica”, que começarão a ser publicados em 1856.

1875 – Nasce o escritor alemão Thomas Mann, autor de “Doutor Fausto”, Prémio Nobel da Literatura em 1929.

1895 – É promulgada a primeira lei específica sobre higiene e segurança do trabalho no setor da construção e obras públicas, em Portugal.

1900 – É criado o Sanatório Marítimo do Outão, o primeiro estabelecimento da Assistência Nacional aos Tuberculosos.

1903 – Nasce o compositor Aram Khachaturian, na Arménia.

1907 – Estreia da oratória dramática “Moses und Aron”, de Arnold Schoenberg.

1922 – FC Porto e Sporting (campeões do Porto e de Lisboa) começam a disputar o primeiro Campeonato de Portugal.

1926 – Proclamação de vitória do golpe militar de 28 de Maio que institui a ditadura nacional.

1933 – Abre o primeiro “drive-in” em Camden, Nova Jersey, EUA.

1934 – É instituída a SEC – Securities and Exchange Comission, entidade fiscalizadora do mercado bolsista de Nova Iorque.

1944 – II Guerra Mundial. Dia D. As forças aliadas desembarcam nas praias da Normandia, França.

1962 – É usada a primeira mina antipessoal contra as tropas portuguesas.

1966 – Assassínio do ativista negro norte-americano James Meredith, no Mississípi.

1967 – O Egito encerra o Canal do Suez na terceira guerra israelo-árabe, a Guerra dos Seis Dias.

1968 – Morre, com 42 anos, o senador norte-americano Robert Kennedy, um dia depois de alvejado por Sirhan Bishara Sirhan.

1969 – Início da ação armada do MPLA no Bié.

1972 – É lançado o disco de David Bowie “Ziggy Stardust”.

1973 – A Republica Federal da Alemanha completa a ratificação do tratado de normalização das relações com a Republica Democrática Alemã.

1982 – Israel invade o sul do Líbano para atacar as bases da OLP.

1985 – É criada a Ordem de Camões, para distinguir serviços à cultura portuguesa prestados por nacionais ou estrangeiros.

– O jornal alemão federal Die Welt noticia a morte do criminoso nazi Josef Mengele Mengele, no Brasil. Autoridades do país exumam um cadáver, mais tarde identificado como o responsável direto pelos testes clínicos no campo de extermínio de Auschwitz e pela morte de meio milhão de pessoas.

1988 – Concílio Ecuménico da Igreja Ortodoxa Russa, primeiro encontro desde 1917.

1990 – A Renamo e o Governo de Maputo aceitam iniciar conversações de paz.

1991 – Morre, com 64 anos, o saxofonista Stan Getz, figura determinante no jazz da “west coast”.

1992 – Morre, aos 57 anos, o produtor de cinema Franco Rossellini, promotor da obra de Pier Paolo Pasolini.

1995 – A África do Sul suprime a pena de morte.

1998 – É confirmada a morte de Pol Pot, ocorrida em abril, responsável pelo genocídio de dois milhões de cambojanos, entre 1975 e 1979.

2003 – É constituído o polo português do Operador do Mercado Ibérico de Energia, com a publicação do Despacho 360/ME.

– O Parlamento russo aprova a amnistia parcial de rebeldes chechenos.

2004 – A seleção portuguesa de râguebi vence o Torneio de Sevens de Londres.

2005 – O Reino Unido suspende o referendo sobre o Tratado Constitucional Europeu, previsto para a primavera de 2006.

– Escândalo do “mensalão”, no Brasil. O presidente do Partido dos Trabalhadores Roberto Jefferson assegura que pagava “mesadas” a deputados da oposição, em troca de apoio no Congresso.

– É criada a Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados.

– Morre, com 73 anos, Anne Bancroft, atriz norte-americana, protagonista de “As Sete Mulheres”, de John Ford.

2007 – São absolvidos pela justiça italiana os cinco arguidos acusados da morte de Roberto Calvi, presidente do Banco Ambrosiano, que apareceu enforcado numa ponte de Londres, em 1982.

– O Estádio Municipal de Braga vence o Prémio Nacional de Arquitetura Paisagística 2007.

– Morre, aos 74 anos, o escritor Frederico Perry Vidal, um dos mais destacados líderes da comunidade Portuguesa de São Paulo.

2008 – Uma carruagem do metro de Mirandela descarrila provocando dois feridos ligeiros. Este acidente dá-se exatamente na mesma zona da linha do Tua onde já ocorreram dois acidentes desde fevereiro de 2007.

2009 – Os bens do ex-presidente do Banco Privado Português, João Rendeiro, são arrestados e as suas contas, como as de outros ex-gestores do banco, são congeladas “por suspeita de fraude fiscal”.

– Morre Jean Dausset, imunologista francês, Nobel da Medicina 1980. Tinha 92 anos.

– Telma Monteiro e Joana Ramos vencem Taça do Mundo de Judo. Leandra Freitas fica em 3.º lugar.

2012 – O Ministério da Educação e Ciência divulga o novo Estatuto do Aluno, que proíbe a recolha ou difusão não autorizada de imagens recolhidas pelos estudantes em todas as atividades escolares.

– Morre, aos 82 anos, Hermínio Almeida Marvão, conhecido antifascista. Almeida Marvão pertenceu à Direção-Central do MUD-Juvenil e foi preso político durante quatro anos e meio.

2013 – O Governo aprova em Conselho de Ministros duas propostas de lei que definem o alargamento do horário de trabalho de 35 para 40 horas semanais e a mobilidade especial.

– O Governo decide em Conselho de Ministros demitir gestores de empresas públicas que estiveram envolvidos em contratos ‘swap’ especulativos na CP, Metro de Lisboa, Carris, Metro do Porto, STCP e EGREPP.

– Morre, com 85 anos, Tom Sharpe, escritor britânico.

2016 – Isabel dos Santos, filha do Presidente de Angola, José Eduardo dos santos, assume a presidência do Conselho de Administração da Sonangol, renunciado aos conselhos de administração da NOS, banco BIC e Efacec.

2017 – Morre, aos 82 anos, Adnan Khashoggi, multimilionário saudita e vendedor de armas.