COMPARTILHE

Principais acontecimentos registados no dia 02 agosto de 2019
Hoje é sexta-feira, dia 02 de agosto de 2019, ducentésimo décimo quarto dia do ano.
Dia da Rendilheira e Dia Internacional da Cerveja:
Faltam 151 dias para o termo de 2019.
Leão é o signo dos nascidos nesta data.

1830 – Revolução em França. Na sequência do levantamento popular de 27 de julho, Carlos X abdica. É substituído pelo duque de Orleães, Luís Filipe.

1870 – Abre a primeira linha de metro no mundo, entre a Torre de Londres e Tooley Street.
1921 – Morre, com 48 anos, o tenor italiano Enrico Caruso, lenda do canto lírico.
1924 – Nasce em Nova Iorque, o escritor norte-americano James Baldwin, autor de “Another Country”, pioneiro e defensor dos autores afro-americanos.
1929 – Nasce, em Aveiro, o poeta, compositor e músico português José (Zeca) Afonso.
1934 – Morre, aos 87 anos, o presidente alemão Paul von Hindenburg, abrindo caminho à tomada completa do poder pelo líder nazi Adolf Hitler, que assume as funções de chefe de Estado.
1935 – O Reino Unido aprova a reforma do sistema governamental da Índia, que concede autonomia aos governos provinciais e cria a legislatura central de Nova Deli.
1939 – O físico alemão Albert Einstein, radicado nos EUA, assegura, em carta ao presidente Franklin D. Roosevelt, que a Alemanha nazi pode construir a bomba atómica e recomenda o início do programa de investigação.
1940 – II Guerra Mundial. O general De Gaulle, comandante da Resistência francesa, refugiado no Reino Unido, é condenado à morte pelo Governo colaboracionista de Vichy, do marechal Pétain.
1943 – II Guerra Mundial. Hitler ordena às forças alemãs na Frente Leste que não recuem, apesar da inevitabilidade da derrota.
1945 – II Guerra Mundial. Termina a Conferência de Potsdam. Os dirigentes das nações aliadas estabelecem as condições da rendição da Alemanha nazi e os princípios para a administração do território.
1963 – Os EUA suspendem a venda de equipamento militar à África do Sul, em retaliação pela política de apartheid.
1964 – Guerra do Vietname. Guerrilheiros norte-vietnamitas atacam as forças norte-americanas no Golfo de Tongkin.
1970 – Primeiro sequestro de um avião, com o desvio para Cuba do 747 que partira de Nova Iorque rumo a Porto Rico.
1971 – Os EUA asseguram o apoio à entrada da China nas Nações Unidas, opondo-se, no entanto, à expulsão de Taiwan da organização.
1976 – Morre, com 86 anos, o cineasta de origem austríaca Fritz Lang, realizador de “M-Matou”, “Os Carrascos também Morrem”, “Scarlet Street” e “Corrupção”.
1978 – Morre, aos 79 anos, o compositor mexicano Carlos Chávez, autor da “Sinfonia Índia”.
1980 – Atentado à bomba na estação de Bolonha, em Itália. Morrem 84 pessoas e mais de 200 ficam feridas. O atentado é reivindicado por um grupo neofascista.
1983 – Os 10 países membros da CEE, reunidos em Genebra, pronunciam-se contra todas as formas de discriminação racial e condenam a política sul-africana.
1984 – Eden Pastora, dirigente dos rebeldes nicaraguenses, chega a Lisboa para conversações com o primeiro-ministro Mário Soares.
– O governo argentino, presidido por Raul Alfonsin, ordena a prisão do ditador general Videla.
1988 – Morre, em S. Paulo, o coronel Sarmento Pimentel, aos 93 anos. Opositor à ditadura do Estado Novo, Sarmento Pimentel exilara-se no Brasil, nos anos de 1930.
– Morre, aos 50 anos, o escritor norte-americano Raymond Carver, autor de “De que Falamos quando Falamos de Amor”.
1990 – O Iraque invade o Kuwait. O Conselho de Segurança da ONU aprova a resolução 660 que impõe ao Iraque a retirada imediata.

1992 – Concluído o período de legalização, 15 partidos e uma coligação apresentam candidaturas às eleições legislativas de setembro, em Angola.

1997 – Morre, com 83 anos, o escritor norte-americano William S. Burroughs, autor de “Naked Lunch” e “Cidades da Noite Vermelha”.
1999 – Alegando falta de neutralidade por parte da ONU, as milícias integracionistas dizem rejeitar o referendo de 30 de agosto em Timor-Leste.
2002 – Apoiantes do presidente da Venezuela Hugo Chávez, organizados em grupos armados, tomam posições estratégicas na capital do país.
2004 – Morre, aos 95 anos, Henri Cartier-Bresson, fotógrafo francês, cofundador da agência Magnum, nome que marcou a fotografia e o fotojornalismo do século XX. Cartier-Bresson concentrava-se no “instante da verdade”, a que chamava o “momento decisivo”.

2005 – O airbus da Air France, do voo Paris-Toronto, cai ao aterrar no aeroporto canadiano. Não há vítimas entre as 308 pessoas a bordo.

2006 – O Governo dos Açores confirma o aparecimento de um caso de BSE (Encefalopatia Espongiforme Bovina) numa exploração da Ilha do Pico e decreta o sequestro sanitário do local.

– Morre, aos 78 anos, Jorge de Brito, antigo presidente do Benfica.

2007 – A Líbia assina um contrato de armamento com a França para a compra de mísseis antitanque Milan por 168 milhões de euros.

– Um submarino russo coloca uma bandeira da Rússia no fundo do Oceano Ártico para reclamar a posse de uma zona rica em petróleo e gás natural no Pólo Norte.

– Morre Holden Roberto, dirigente nacionalista angolano, líder histórico da Frente Nacional de Libertação de Angola. Tinha 84 anos.

2008 – Um líder da organização terrorista basca ETA, José Ignacio de Juana Chaos, condenado a três mil anos de prisão pelo assassínio de 25 pessoas, sai da cadeia após cumprir 21 anos de pena.

2010 – Morre, aos 58 anos, Mário Bettencourt Resendes, jornalista, provedor do leitor do Diário de Notícias à data da sua morte.

2012 – Morre Sun Myung Moon, líder religioso coreano, fundador da Igreja da Unificação, em Seul, Coreia do Sul. Tinha 92 anos.

– O Governo aprova em Conselho de Ministros a minuta final do acordo relativo à conclusão do processo de privatização da TAP, considerando que a celebração do contrato com o consórcio Gateway é uma necessidade urgente e inadiável.

2015 – As tradicionais rendas de bilros, de Vila do Conde, entram para o livro de recordes mundiais, depois de ser apresentada uma peça gigante produzida por mais de uma centena de rendilheiras.

– Departamento de Transportes da Malásia diz em comunicado que o fragmento da asa do avião, descoberto ao largo da ilha Reunião, é do Boeing 777, desaparecido a 08 de março de 2014.

2016 – Morre Franciszek Macharski, cardeal polaco amigo próximo, colaborador e sucessor em Cracóvia de Karol Wojtyla, tornado João Paulo II. Tinha 89 anos.

2017 – O Presidente do Brasil, Michel Temer, consegue os 172 votos de que precisava no Congresso dos Deputados para arquivar a denúncia de corrupção passiva de que era alvo numa queixa da Procuradoria-Geral da República.

– O índice bolsista Dow Jones fecha pela primeira vez na sua história acima do valor simbólico dos 22 mil pontos, no que também é o seu quinto recorde consecutivo no encerramento das transações.

– Duas pessoas morrem ao serem colhidas por uma avioneta que aterra de emergência na praia de São João na Costa de Caparica, em Almada.

– Morre, aos 82 anos, John Graham, antigo capitão dos ‘All Blacks’ e presidente da Federação de Râguebi da Nova Zelândia.

2018 – O Presidente da República promulga a Lei das Finanças Locais e a transferência de competências para as autarquias, mas alerta para um possível “alijar das responsabilidades do Estado” e avisa que não garante a aprovação dos diplomas complementares.

– O ex-presidente do Sporting Bruno de Carvalho é suspenso por um ano pela Comissão de Fiscalização do clube.