Início Opção Turismo Organizações de viagens e turismo pedem à UE “salvar” o Verão

Organizações de viagens e turismo pedem à UE “salvar” o Verão

A aliança “Manifesto de Turismo Europeu”, que reúne mais de 60 organizações de viagens e turismo da Europa apresentam recomendações concretas aos Estados Membros da UE para a reabertura de viagens e turismo europeias, incluindo nelas a criação de um grupo de trabalho liderado pela Comissão para restaurar a liberdade de circulação. Concretamente, os signatários pretendem relançar as viagens e o turismo na Europa para ainda puderem salvar o Verão de 2021.

No centro das recomendações está o desenvolvimento de um guia para restaurar viagens, uma vez que as regras de desconfinamente são diferentes nos vários países  da UE, havendo a necessidade de implementar regras em estreita cooperação com a indústria e os parceiros sociais.

Assim, um grupo de trabalho da Comissão dedicado ao restabelecimento da livre circulação de pessoas lideraria o desenvolvimento e implementação das normas para além de fornecer avaliações contínuas com base no risco e os dados científicos mais recentes.

Saliente-se que as diversas recomendações recolhidas pela aliança “Manifesto de Turismo Europeu” já foram apresentadas aos governos da UE antes das duas discussões cruciais sobre a livres circulação: uma videoconferência dos líderes europeus nos dias 25 e 26 Fevereiro e reunião extraordinária dos Ministros do Turismo a 01 de Março.

Refira-se, a propósito, que a APAVT integra, através da ECTAA, esta organização e para a qual tem dado o seu contributo através de um grupo de trabalho criado para o efeito.

No comunicado da aliança “Manifesto de Turismo Europeu”, que começa por destacar ter como objectivo principal o regresso da Europa ao seu lugar de principal destino turístico do mundo e um local seguro, pode ler-se ainda que à medida que os programas de vacinação da UE progridem e protegem os cidadãos mais vulneráveis, devemos em conjunto prepare-se para o reinício da viagem (…) não há tem po a perder a fim de restaurar a confiança do público até ao Verão.

As recomendações aos Estados-Membros da UE inclui, entre outros pontos, a criação de uma “task force” para restaurar a liberdade de circulação de pessoas e implementar um plano de reinício de viagens; uma coordenação europeia melhorada de restrições de viagem e oferta de previsibilidades para os viajantes, bem como para as empresas de viagens e turismo, e seus trabalhadores; testes e vacinação; certificados de saúde eletrónica coordenados de modo a evitar ter 27 certificados diferentes cobrindo testes, vacinação e/ou imunidade; e, reabertura coordenada das actividades turísticas, uma vez que a situação de saúde o permita, sendo fundamental reiniciar as actividades de turismo e lazer a par do restabelecimento da liberdade de movimento para cidadãos da UE.

Deste Manifesto de Turismo Europeu faz parte a entidade europeia de turismo (ETC-European Travel Commission), na qual está integrado o Turismo de Portugal – Luís Araújo é actualmente o presidente da ETC -, bem como a associação Linhas aéreas para a Europa (Airlines for Europe), da qual faz parte a TAP.

 



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter