COMPARTILHE

A companhia aérea polaca LOT pediu aos passageiros, que esperavam no aeroporto de Pequim para embarcar num voo para Varsóvia, que pagassem trabalhos de reparação no avião. Quem divulga a situação é o portal de notícias chinês Caixin.

Segundo a Caixin, os empregados da LOT recolheram cerca de 2.500 yuan (315 euros), entre os passageiros, após o mecânico exigir o pagamento em dinheiro, para reparar a bomba hidráulica do avião. Teria a factura IVA?

Os trabalhos de reparação demoraram dez horas e a LOT devolveu o dinheiro aos passageiros após aterrarem na Polónia (Honestidade e Rapidez. Quanto valem?).

O porta-voz da companhia aérea, Adrian Kubicki, culpou o representante da empresa, em Pequim, por não ter levado cartão de crédito ou dinheiro. E pelos vistos a tripulação também não dispunha de ambas as coisas.

O voo da LOT, á partida de Pequim, tem uma frequência de três vezes por semana, num Boeing 787 Dreamliner.

Já agora outra nota interessante. No portal oficial da companhia aérea polaca, é promete um voo em condições de luxo e com um ambiente amável, e ainda que a nossa tripulação, da melhor categoria, garantirá a sua comodidade do primeiro ao último minuto.

Enfim, azares a todos acontecem. O importante é a moda não pegar, senão assistíamos a peditórios diários no Aeroporto de Lisboa (e não só!).