Início B1 Delta deixa de ligar Nova Iorque a Ponta Delgada

Delta deixa de ligar Nova Iorque a Ponta Delgada

COMPARTILHE

A secretária do Turismo do Governo dos Açores anunciou que a companhia aérea Delta Airlines vai deixar de ligar Nova Iorque a Ponta Delgada. Marta Guerreiro acrescentou ainda que os Açores e nomeadamente através da entidade regional responsável pela promoção turística, tudo fizeram para alterar a decisão da companhia norte-americana.

Está já confirmado formalmente pela Delta Airlines, desde a passada terça-feira, a descontinuação da operação no próximo verão entre Ponta Delgada e Nova Iorque, numa operação de maio a setembro.

Segundo a Delta Airlines, apesar de taxas de ocupação acima dos 80%, a rentabilidade da operação encontra-se abaixo do esperado e nem mesmo uma, eventual reanálise no futuro é esperada.

Para Marta Guerreiro, este não é um problema de falta de investimento na promoção turística dos Açores, até porque tem havido aumento do interesse pelo destino.

Estamos já a reagir, interessa continuar a investir na notoriedade da região, neste mercado e noutros, sublinhou a secretária do Turismo do Governo dos Açores, reconhecendo, no entanto, que não é uma notícia que gostássemos de ter, mas temos de percebê-la no seu contexto global e no contexto da Delta, empresa privada com uma lógica empresarial muito própria.

A secretária Regional destacou ainda os concursos públicos já lançados de promoção em diversos mercados, como é o caso de Espanha e do Canadá, para além de ser publicado hoje, quinta-feira, um concurso público para promoção dos Açores junto do Reino Unido e, logo depois, outro para a Alemanha, já com alguns operadores interessados, para além de outros em desenvolvimento, para mercados como França e Itália.

Recorde-se que a companhia norte-americana Delta Airlines começou em maio de 2018 a voar para os Açores, ligando Ponta Delgada ao Aeroporto John F. Kennedy, em Nova Iorque, numa operação com cinco voos por semana com um Boeing 757-200ER, com capacidade para 199 passageiros.