Início B1 CTP pede urgência no reforço das medidas de apoio ao Turismo

CTP pede urgência no reforço das medidas de apoio ao Turismo

Face à situação de agravamento da pandemia em Portugal, que se mantém como um dos países do mundo com mais novos casos e mais mortes por milhão de habitantes, a Confederação do Turismo de Portugal (CTP) considera urgente o reforço das medidas de controlo da pandemia e de apoio à actividade turística.

Nesse sentido, a CTP, considera ser urgente a necessidade de reforçar as medidas de apoio ao Turismo, num momento em que as empresas já não têm reservas para fazer face a todos os custos fixos que ainda perduram, face aos 12 meses de congelamento quase total da actividade, sem negócio, nem sequer previsão de retoma no curto prazo.

Assim, a confederação presidida por Francisco Calheiros, propõe ao Governo, entre outras, algumas medidas a serem tomadas de imediato como, por exemplo, a continuação e reforço, em prazo e dotação, dos incentivos financeiros não reembolsáveis e o reforço financeiro do programa Apoiar, em todas as suas rubricas, para apoiar as empresas do Turismo, independentemente da sua dimensão, com perdas continuadas na facturação.

Também é pedido ao Governo não só a continuação das medidas de apoio à manutenção do emprego até, pelo menos, ao final do ano de 2021, alargando o ‘lay off’ simplificado a todas as empresas com perda de facturação e volume de negócios, independentemente de estarem ou não administrativamente encerradas, com o alargamento da isenção da taxa social única também às grandes empresas como também a aprovação de medidas que tenham em vista moratórias, ou suspensão de prazos, de cumprimento de obrigações fiscais e da segurança social, as quais devem ser destinadas a micro, pequenas, médias e grandes empresas.

Outra das propostas anunciadas por Francisco Calheiros é a criação de um plano de promoção turístico à escala global com vista à recuperação da percepção de segurança do destino turístico Portugal, que envolva entidades públicas e privadas e que actue juntos dos nossos principais mercados estratégicos.

O presidente da CTP também apelou ao Governo para que este tome medidas fortes, planeadas e monitorizadas de vacinação e controlo estrito da pandemia, em estreita coordenação com todos os meios públicos e privados de saúde no país, por forma a proteger a população e reduzir o número de vítimas da doença provocada pelo coronavírus SARS-COV-2.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter