Início B1 CTP contra aumento do salário mínimo em 2021

CTP contra aumento do salário mínimo em 2021

O presidente da Confederação do Turismo de Portugal (CTP), Francisco Calheiros, rejeita qualquer aumento do salário mínimo em Janeiro do próximo ano como pretende o Governo, pelo menos na situação actual, e considera que isso seria atirar as empresas para o precipício.

Caso haja uma forte recuperação do sector, a CTP admite uma revisão a meio do ano.

– Não deve haver aumento neste momento, face ao que está a acontecer com a pandemia, afirmou Francisco Calheiros, para defender que esta é posição que a CTP defenderá em concertação social quando o assunto for discutido.

No entanto, a CTP não exclui que a situação possa melhorar, admitindo uma revisão do salário mínimo a meio do próximo ano, na perspectiva de haver um aumento, se a situação se alterar. Contudo, até lá, as perspectivas não são boas uma vez que Calheiros antecipa dois momentos de choque para o turismo, que vão provocar mais desemprego, em Outubro e em Janeiro.

O primeiro-ministro já assegurou que o Executivo pretende aumentar o salário mínimo em 2021. No entanto, António Costa avisou que o aumento teria de ser mais pequeno do que se esperava anteriormente.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter