COMPARTILHE

O inverno aproxima-se e está na altura de os portugueses começarem a pensar nas próximas férias, numa curta viagem, um fim-de-semana ou, quem sabe, naquela viagem de sonho que tanto ambicionam para o próximo ano.

Para que não haja mais desculpas e, principalmente, para que o orçamento limitado não seja um constrangimento, a momondo, revela qual a melhor altura para reservar os voos e hotéis obtendo assim uma poupança significativa nas suas próximas viagens.

Reservar voos com uma média de 2 meses de antecedência

Os portugueses não devem esperar até ao último momento para reservar os seus voos, tanto dentro da Europa como fora: os voos mais baratos encontram-se cerca de 2 meses antes da data de partida. Esta recomendação pode levar a uma poupança média de até 56% em voos para destinos europeus, para reservas feitas 63 dias antes da viagem, em vez de esperar até ao dia da viagem, quando os preços sobem para valores mais elevados.

Dia mais barato para viajar é terça-feira

A momondo avança que reservar na altura certa o voo não é a única forma de poupar. O dia da semana também é relevante e permite que possa poupar entre 13% a 23% nos voos. Em Portugal, os destinos para o resto do mundo tendem a ser mais baratos à terça-feira, com um custo em média menor de 13% do que voos que partam ao sábado, o dia mais caro.

Melhor altura do dia para viajar é à tarde

O preço do bilhete também pode ser alterado consoante a altura do dia em que viaja, conseguindo economizar até 19% se viajar à tarde. Viajar para fora da Europa durante o período da manhã pode permitir que tenha uma poupança até 15%, em comparação com outras alturas do dia.

Mas poupar nos voos pode não ser a única forma de conseguir eliminar alguns custos, planear e reservar hotéis na altura certa também pode ser uma forma de gastar menos dinheiro nas suas próximas férias.

Reservar quartos de hotel com cerca de 4 meses de antecedência

No caso das reservas de hotéis convém que considere planear com mais alguma antecedência em comparação com os voos. Para a Europa, falamos de 118 dias de antecedência, aproximadamente, 4 meses, conseguindo uma poupança até 49%, em comparação com o dia da chegada, o mais caro.

À semelhança do que acontece com os hotéis na Europa, uma estadia num hotel fora da Europa deve também ser planeado, idealmente, com 115 dias de antecedência. Esta sugestão pode originar uma poupança de até 69% face ao dia mais caro.

Destinos mais trendy para 2020

O primeiro destino é a capital das Maldivas, Malé, com um aumento da procura em cerca de 114%.

Em segundo lugar, aparece a cidade de Colombo, no Sri Lanka, que teve um crescimento de 102% e onde o melhor dia da semana para viajar é a um domingo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here