Início VIP Comité de Crise da OMT reuniu novamente com olhos na vacina contra...

Comité de Crise da OMT reuniu novamente com olhos na vacina contra Covid-19

O Comité de Crise Global do Turismo, organizado pela OMT, voltou a reunir em Madrid, depois de Lisboa, durante a 113ª sessão do Conselho Executivo da organização, para apresentar planos robustos de reactivação o turismo.

A discussão centrou-se na integração das vacinas contra a Covid-19 e numa abordagem harmonizada para viagens seguras, bem como no lançamento de um esforço coordenado para aumentar a confiança no sector.

Agora que os países em todo o mundo estão a lançar vacinas contra o vírus COVID-19, o Comité observou que o facto abre uma janela na luta contra a pandemia e para promover a retoma segura das viagens internacionais.

Os membros destacaram a importância de intensificar a coordenação, no âmbito do Regulamento Sanitário Internacional, dos certificados de vacinação para garantir a aplicação de princípios, protocolos e documentos comuns e harmonizados relacionados às viagens, de acordo com o trabalho que está a ser realizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que relatou possíveis aplicações da tecnologia digital para permitir viagens internacionais seguras e facilitar as chegadas e partidas.

O próprio Grupo Técnico do Comité, presidido pela Grécia, juntamente com um grupo especializado que vem de várias partes do sistema das Nações Unidas e organizações internacionais, está a trabalhar para garantir que seja adoptado, pelos governos, um plano de acção harmonizado para promover todos os sectores relacionados com o turismo.

O Secretário-Geral da OMT, Zurab Pololikashvili, disse: “o lançamento de vacinas é um passo na direcção certa, mas o reinício do turismo não pode esperar. As vacinas devem fazer parte de uma abordagem mais ampla e coordenada que inclui certificados e passes para viagens internacionais seguras. A longo prazo, devemos também restaurar a confiança no turismo. A campanha da United for Travel nos ajudará a fazer isso, fornecendo uma mensagem clara e forte de que o turismo seguro agora é possível”.

Os membros do Comité de Crise também apelaram a acções fortes para apoiar a padronização, digitalização e interoperabilidade de protocolos de teste e sistemas de certificação. Os membros concordaram que estes deveriam ser baseados em testes e indicadores de avaliação de risco acordados para o país ou território de origem e destino. A implementação do CART Take-off Guide, desenvolvido pela ICAO, foi identificada como uma ferramenta eficaz para avançar na harmonização dos protocolos de teste e acelerar o estabelecimento de corredores de saúde pública.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter