Início B1 CEO da TAP diz que a companhia vai parar de investir em...

CEO da TAP diz que a companhia vai parar de investir em Lisboa

COMPARTILHE

O presidente executivo da TAP, Antonoaldo Neves, sublinhou esta quinta-feira (20) disse que a companhia aérea vai parar de investir em Lisboa.

Em causa estão os constrangimentos que continuam a afectar o aeroporto de Lisboa, frisando não haver data para as intervenções que são necessárias construir, como sejam o taxiway e as saídas rápidas de pista.

No dia em que a TAP apresentou as contas de 2019, o executivo referiu que não estamos dispostos a continuar a investir em aviões e na contratação de pessoal. Estou há dois anos na TAP e não foi feito nada no aeroporto de Lisboa.

Segundo Antonoaldo Neves, o investimento no taxiway e nas saídas rápidas é de 50 a 80 milhões de euros, mas o seu impacto no país é de quase 1.000 milhões de euros, indicando que a TAP pagaria esse investimento, recuperável num ano, para lembrar que só indemnizações a passageiros por atrasos provocados pelos constrangimentos na Portela a companhia gasta 35 milhões de euros.

O CEO da transportadora salientou que a TAP gastou 500 mil euros por um estudo que identificou iniciativas para uma melhoria da pontualidade até 21 pontos percentuais. Além de melhorias internas, o documento apontou um conjunto de intervenções externas, desde a optimização do espaço aéreo à construção de duas saídas rápidas e um taxiway, assim como a construção de 10 a 15 posições de estacionamento de aeronaves.