Início Opção Turismo Cabo Verde visa retomar turismo com medidas de segurança sanitária

Cabo Verde visa retomar turismo com medidas de segurança sanitária

COMPARTILHE

Os aeroportos, hotéis e restaurantes de Cabo Verde vão ter de passar por processos de certificação das normas de prevenção da propagação da Covid-19, para competir pelos turistas que querem viajar em segurança.

O ministro do Turismo e Transportes, Carlos Santos disse, esta quarta-feira (14), no parlamento que, esta medida visa garantir que aquele que nos visita nos próximos tempos tenha a coragem de vir e sinta-se confiante em visitar Cabo Verde. Por isso, já foi lançado um programa de segurança sanitária que passará, inevitavelmente, pela certificação de hotéis, de aeroportos, de restaurantes.

Com 819 mil turistas em 2019, Cabo Verde tem o seu Produto Interno Bruto (PIB) dependente em 25% do turismo, mas o Governo já estimou que o país deverá receber menos 500 mil turistas em 2020, devido à pandemia, enfrentando uma recessão sem precedentes.

Para Carlos Santos, conforme noticia a Lusa, um dos problemas do contexto actual é a incerteza provocada pela pandemia, desde logo nos turistas e na competição muito grande pelas garantias de segurança entre os destinos turísticos, que se vai começar a fazer sentir.

O ministro assegurou que já na próxima semana teremos legislação para isso, para obrigar a que todas as instituições que fazem parte do circuito do turista estejam preparadas para dar confiança aos turistas e aos operadores. Só assim nós poderemos almejar estar na `pole` de destinos turísticos já neste Verão.

– Muito brevemente também será anunciado o calendário das ligações aéreas, também neste espírito de confiança, precisamente para demonstrar que Cabo Verde é um destino que, certificando as suas instituições, estará capaz de conseguir esse feito, acrescentou Carlos Santos.

 



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter