Início B4 Cabo Verde: pandemia reduz procura turística

Cabo Verde: pandemia reduz procura turística

O governo cabo-verdiano reconhece que o país vive a maior crise económica, financeira e orçamental da sua história, devido à pandemia, justificando desta forma um segundo Orçamento Retificativo, tal como em 2020.

Um dos factos que leva a esta posição, já exposta em documento que será discutido e votado este mês na Assembleia Nacional, refere-se à quebra na procura turística do destino.

Segundo uma estimativa do governo na proposta de Orçamento Retificativo para 2021, a procura turística por Cabo Verde deverá recuar este ano a níveis de 2005, devido às limitações impostas às viagens pela pandemia de covid-19.

A proposta orçamental acrescenta que as novas projeções das principais variáveis macroeconómicas incluídas no documento, como a revisão em baixa do crescimento, decorrem da reprogramação da retoma do turismo, sector que garante 25% do Produto Interno Bruto (PIB), mas que está praticamente parado desde Março de 2020, depois do recorde de 819 mil turistas em 2019.

Refira-se que no quadro do Orçamento do Estado em vigor, o governo de Cabo Verde previa atingir este ano níveis da procura turística idênticos aos de 2011, mas que, em face aos dados actuais, a previsão é revista para os níveis registados em 2005.

A concretizar-se esta previsão, Cabo Verde deverá receber este ano pouco mais de 300 mil turistas, quando antes da pandemia a meta para esta altura era já de mais de um milhão.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here