Início B4 Cabo Verde é preferência de turistas britânicos

Cabo Verde é preferência de turistas britânicos

Cabo Verde passou a liderar a lista de destinos mais procurados pelos turistas britânicos após o arquipélago ter saído da ‘lista vermelha’ pelo Reino Unido, revela a agência especializada TravelSupermarket.

A lista da TravelSupermarket, actualizada depois de 47 países e territórios terem deixado em 11 de Outubro a ‘lista vermelha’ britânica, que obrigava a quarentena no regresso devido à Covid-19, Cabo Verde lidera entre os destinos de férias mais procurados pelos turistas nacionais para a temporada 2021/2022. Seguem-se Tenerife, Lanzarote, Costa Blanca (Espanha), Antalya (Turquia), Nova Iorque, Las Vegas (Estados Unidos), Gran Canária, Fuerteventura e Barcelona (Espanha).

O governo cabo-verdiano congratula-se. Para o primeiro-ministro de Ulisses Correia e Silva, são óptimas notícias para o arquipélago: Estamos entusiasmados e convictos de que a retoma do turismo far-se-á em grande. Numa mensagem publicada na sua conta oficial na rede social Facebook, Ulisses Correia e Silva acrescentou que o Reino Unido continua a ser o principal emissor de turistas para Cabo Verde, cujo peso, antes da pandemia da Covid-19, rondava 25% da procura turística global.

– O que nos deixa orgulhosos e engajados em continuar a implementar medidas que posicionam o país como um destino seguro a nível sanitário, afirmou o primeiro-ministro.

Ao permanecer naquela lista, aos passageiros provenientes de Cabo Verde era imposto à entrada uma quarentena de 10 dias num hotel designado e às custas dos viajantes (apenas permitida a entrada para nacionais britânicos ou estrangeiros residentes), além de dois testes PCR negativos para covid-19, no segundo e oitavo dias da quarentena, o que agora deixa de ser necessário.

Quase 200 mil britânicos visitaram Cabo Verde em 2019, praticamente um quarto dos turistas estrangeiros que as unidades hoteleiras do arquipélago receberam em todo o ano, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) cabo-verdiano.

De acordo com o estudo estatístico do turismo em Cabo Verde em 2019, as unidades hoteleiras cabo-verdianas receberam um recorde de 819.308 hóspedes, um aumento de 7% face a 2018, e 5.117.403 dormidas, um crescimento também homólogo de 3,7%.

Com 196.557 hóspedes, o mercado britânico voltou a ser o principal emissor de turistas para Cabo Verde, representando 24% do total, liderando também no tempo de estadia, que foi, em média, de 8,1 dias em 2019.

Em 2018, os turistas britânicos que visitaram Cabo Verde representaram 22,7% do total, chegando nesse ano aos 174.078.

Entretanto, desde o início da pandemia que aqueles turistas praticamente desaparecerem de Cabo Verde, face às apertadas regras e limitações impostas pelas autoridades britânicas no regresso ao país.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMOSiga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here