Início VIP Britânicos querem proibir não vacinados de voar

Britânicos querem proibir não vacinados de voar

Um inquérito feito pela Sky News aos cidadãos britânicos revelou que a maioria deles quer proibir que pessoas não vacinadas possam embarcarem em aviões.

Mal foi divulgada a informação que tinha sido aprovada no Reino Unido a vacina contra o coronavírus feita pela Pfizer-BioNTech, a estação de televisão entrevistou mais de 1.700 pessoas entre os dias 02 e 03 de Dezembro.

Cerca de 54% das pessoas consultadas afirmaram que é aceitável que se impeça o embarque no voo de quem não tomou a vacina após ela ser disponibilizada de maneira abrangente.

Por sua vez, 29% acham esta medida muito drástica e inaceitável, e 17% não tem uma posição definida sobre o impedimento de voo para quem não tomou a vacina.

No entanto, quando a pergunta é feita sobre viagens de comboios e autocarros, os transportes públicos mais compartilhados no Reino Unido, a resposta já é diferente.

No caso do transporte terrestre, apenas 36% dos britânicos acham que a vacina deva ser obrigatória para embarcar em comboios, ‘metros’ e autocarros.

Saliente-se que, todavia, a percepção é diferente de pessoa para pessoa porque, para muitos, o transporte terrestre é essencial para trabalho, compras e visitar a família, enquanto a viagem de avião é vista mais como algo de lazer.

A limitação de acesso é vista como obrigatória em restaurantes por 39% dos entrevistados e por 44% quando for uma ida ao cinema. No geral, 18% afirmaram que provavelmente não tomarão a vacina.

No que se refere às companhias aéreas, até agora, apenas duas empresas – a australiana Qantas e a americana JetBlue – informaram que irão obrigar os passageiros tomar a vacina antes do embarque em voos internacionais.

Recorde-se que a campanha de vacinação começou ontem, dia 08 de Dezembro.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter