Início B4 Boeing: incêndio em motor e em pleno voo “dá” suspensão de voos...

Boeing: incêndio em motor e em pleno voo “dá” suspensão de voos do B777

Um incêndio, em pleno voo, no motor direito de um Boeing 777-220 da companhia aérea norte-americana United Airlines, na rota Denver-Honolulu, com 231 passageiros e 10 membros da tripulação a bordo, obrigou a que a aeronave regressasse ao aeroporto de onde partiu.

Após este incidente, o fabricante norte-americano Boeing recomendou a imobilização de 128 aviões do modelo 777 que se encontram em serviço ou armazenados.

Numa nota, a Boeing recomenda que enquanto a investigação das autoridades estiver em curso, fiquem suspensas as operações dos 69 aviões B777 em serviço e dos 59 em armazém com motores Pratt & Whitney 4000-112.

No dia seguinte, o regulador norte-americano para a aviação exigiu inspeções urgentes aos aviões Boeing 777 equipados com o mesmo tipo de motor, tendo pedido aos seus peritos que emitissem uma directiva de navegabilidade de emergência que exija inspeções imediatas ou minuciosas de aviões Boeing 777 equipados com alguns motores Pratt & Whitney PW4000.

Na sequência do incidente, a United Airlines decidiu retirar do ar 24 aparelhos Boeing 777.  Também a Japan Airlines (JAL) e a All Nippon Airways (ANA) anunciaram igualmente a imobilização de 13 e de 19 aviões deste tipo, respectivamente.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here