Início B3 Boeing quer 737Max a voar este trimestre, mas …

Boeing quer 737Max a voar este trimestre, mas …

COMPARTILHE

Os modelos 737 MAX, parados há meses, podem começar a voar ainda neste trimestre, mas que a decisão está do lado das autoridades. Quem o disse foi Antonio de Palmas, director da Boeing para o sul da Europa, no âmbito dos AED Days, uma conferência do sector aeronáutico, espacial e de defesa português, que decorre esta semana no Taguspark, em Oeiras

Ainda temos esperança, como dissemos na semana passada, que o regresso ao serviço do 737 MAX possa acontecer ainda este ano, no último trimestre de 2019, mas isto vai realmente depender da decisão que as autoridades de certificação vão tomar, explicou o responsável do fabricante de aeronaves e material aeroespacial norte-americana.

Recorde-se que o 737 MAX está sem voar desde há mais de sete meses, depois de dois acidentes fatais com duas aeronaves recém-adquiridas pela indonésia Lion Air e pela etíope Ethiopian Airlines.

Relativamente ao acordo conjunto entre a Boeing e a brasileira Embraer para a criação de uma ‘joint venture’ internacional, Antonio de Palmas manifestou o seu optimismo face à presença da empresa brasileira em Portugal no contexto da nova aliança e concluiu:

A Embraer tem presença em Portugal, em Évora, que é muito significativa, e nós apreciamos muito essa capacidade.

Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook