COMPARTILHE

O grupo formado pelas transportadoras Azores Airlines e SATA Air Açores registou prejuízos de 20,84 milhões de euros nos primeiros três meses do ano, indicam documentos oficiais.

De acordo com informações enviadas pelo Governo Regional à Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores (ALRAA), a Azores Airlines, que engloba as operações da companhia aérea para fora dos Açores, teve um prejuízo de 16,85 milhões de euros entre janeiro e março, ao passo que a SATA Air Açores, que opera na região, teve 3,99 milhões de euros de prejuízo.

Ambos os resultados indicam um maior prejuízo na comparação com período homólogo: na Azores Airlines as perdas reportadas no primeiro trimestre de 2018 foram de 14,5 milhões de euros, e na SATA Air Açores – que voa nas nove ilhas do arquipélago – o resultado líquido negativo foi então de 708 mil euros.

O grupo SATA havia fechado 2018 com um prejuízo de 53,3 milhões de euros, um agravamento de 12,3 milhões face ao ano de 2017.

Ainda dentro do grupo açoriano, a empresa SATA Gestão de Aeródromos registou um lucro de 184 mil euros no primeiro trimestre do ano.