Início B3 Ávoris pondera pedir ajuda de 200 milhões de euros

Ávoris pondera pedir ajuda de 200 milhões de euros

A Ávoris, divisão de viagens do grupo Barceló, também não está imune aos impactos da Covid-19 e pondera pedir ajuda de 200 milhões de euros, tendo solicitado informação à Sociedade Estatal de Participações Industriais espanhola (SEPI).

O empréstimo, através do Fundo de Apoio à Solvência de Empresas Estratégicas serviria para financiar o impacto da Covid-19 em 2020 e 2021, segundo a empresa.

O objectivo do Fundo de Apoio à Solvência de Empresas Estratégicas, gerido pela SEPI, é conceder apoio financeiro público temporário para o reforço da solvência empresarial, nomeadamente através da concessão de empréstimos participativos, dívida subordinada, subscrição de acções ou outros instrumentos da capital, a empresas não financeiras, que se encontram em severas dificuldades temporárias em resultado da pandemia Covid-19 e que são consideradas estratégicas para o tecido produtivo nacional ou regional espanhol.

Por outro lado, o Conselho de Accionistas da Barceló autorizou o Conselho de Administração a renovar o programa de notas promissórias, iniciado em 2014, para aumentar a sua liquidez.

Desta forma, a empresa poderá continuar a diversificar as suas fontes de financiamento e a consolidar a sua solidez financeira com o apoio dos seus principais bancos, que já manifestaram a intenção de voltar a colaborar com a Barceló para garantir o sucesso destas iniciativas.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter