Início B2 APHORT propõe “serviços mínimos” que a TAP deve assegurar 

APHORT propõe “serviços mínimos” que a TAP deve assegurar 

COMPARTILHE

No âmbito da plataforma de cooperação recentemente criada entre a APHORT – Associação Portuguesa de Hotelaria, Restauração e Turismo e a TAP, e numa altura em que a questão da recuperação das rotas aéreas está na ordem do dia, a APHORT apresentou à transportadora aérea nacional uma proposta que define aquilo que considera como os “serviços mínimos” que a TAP deverá ser capaz de assegurar no Aeroporto Francisco Sá Carneiro a curto prazo.

A proposta passa não só pela pela capacidade imediata da transportadora retomar os voos de longo curso para mercados de grande relevância para a região (EUA e Brasil), como também ser capaz de assegurar igualmente a ligação da região Norte aos principais ‘hubs’ europeus (Londres, Amesterdão, Madrid/Barcelona, Paris e Frankfurt), de forma a garantir fluxos diretos de turistas dessas cidades para o Porto e Norte.

A APHORT exige ainda o acesso a um conjunto de ligações a outros destinos e a outras companhias que esses ‘hubs’ proporcionam.

A associação salienta ainda que a ponte aérea Lisboa/Porto não serve a região, na medida em que se revela ineficaz ao introduzir uma escala adicional desnecessária às viagens.

Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here