Início Destaques APAVT: F1 no Algarve sem público são mais dois meses de Inverno

APAVT: F1 no Algarve sem público são mais dois meses de Inverno

Para a APAVT, a realização de um evento como o Grande Prémio da Fórmula 1 (F1) no Algarve sem público, são mais dois meses de Inverno para o sector da distribuição, que continua a acumular prejuízos.

De acordo com o presidente da Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo, Pedro Costa Ferreira, face à possível realização do evento, sem público, embora nada esteja ainda totalmente confirmado, serão mais dois meses de Inverno agora na Primavera, o que faz com que o nosso Inverno dure já há mais de um ano, ou seja, mais 12 meses sem que as agências de viagens possam fazer negócio, dada a pandemia da Covid-19.

No caso das agências de viagens,  havia esperança por parte de várias empresas em vender, concretamente, pacotes Fórmula 1 a clientes estrangeiros.

– A ser verdade, esperamos que mais este sacrifício – porque é um sacrifício com consequências – possa vir a significar finalmente o regresso às viagens, ao turismo, por volta de Maio, de Junho, um regresso à vida para todos nós, que bem precisamos, referiu o dirigente.

Por decisão do Governo, o Grande Prémio de Fórmula 1 de Portugal, que terá lugar entre 30 de Abril e 2 de Maio, no Autódromo de Portimão, no Algarve, não vai ter público nas bancadas.

A esta contestação da APAVT já se juntaram várias entidades nacionais e regionais de turismo, bem como outras associações empresariais do sector.

 

 



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter