Início Destaques António Costa: vão para as ruas, mas com cautela

António Costa: vão para as ruas, mas com cautela

COMPARTILHE
O primeiro-ministro, António Costa, participa no plenário do Conselho Economico e Social para debater a Estratégia Nacional para Portugal pós-2020, na Assembleia da República, em Lisboa, 12 de setembro de 2017. JOÃO RELVAS/LUSA

Com a mesma determinação com que nos fechámos, temos agora também de voltar a ir à rua, voltar a procurar retomar a normalidade da nossa vida agora de uma nova forma e com as cautelas que não podemos deixar de ter, pediu António Costa aos portugueses. Um regresso às ruas, frequentando lojas, restaurantes e cafés, embora com cautelas.

Com a mesma convicção com que pedi que ficassem em casa, o apelo que eu agora faço é que, com segurança, com cautelas, retomem o processo de ocupação da rua, de regresso à rua, de regresso às lojas, de regresso à restauração, de regresso aos cafés, porque é assim que colectivamente vamos poder relançar outra vez a nossa vida no país, salientou o primeiro-ministro, afirmando que os portugueses souberam ser muito disciplinados e muito determinados no confinamento em casa para conter a propagação da covid-19.

O civismo dos portugueses tem sido a chave do nosso sucesso na contenção da pandemia e, portanto, vai ser também a chave de nos irmos libertando em segurança, realçou ainda o primeiro-ministro.

No entanto, António Costa alertou para o facto de os portugueses terem tido sucesso e, por isso mesmo, não se deve baixar a guarda, porque este é um esforço que temos de continuar.

Para isso temos de usar a máscara quando entramos nos locais fechados, temos de desinfectar as nossas mãos, temos de manter o distanciamento físico.

Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook