Início B2 Angela Merkel volta atrás com o confinamento na Páscoa

Angela Merkel volta atrás com o confinamento na Páscoa

A intenção era (talvez) boa, mas os alemães “tremeram” só com a ideia da paralisação do país.

A ideia de uma paralisação na Páscoa foi elaborada com as melhores intenções, porque precisamos urgentemente de conseguir desacelerar e reverter a terceira onda da pandemia, explicou Angela Merkel, confessandop que no entanto, a ideia da paralisação foi um erro. Havia boas razões para isso, mas não pode ser implementada bem o suficiente neste curto período de tempo.

Com este volta atrás, a chanceler alemã já cancelou os planos para uma paralisação de cinco dias durante a Páscoa para combater o aumento de contágios pelo SARS-CoV-2. Ao mesmo tempo, pediu desculpas aos alemães pela ideia, que considerou ser apenas um erro seu.

Esse erro é um erro somente meu. Um erro deve ser chamado de erro e, acima de tudo, deve ser corrigido e, se possível, isso tem de ser feito a tempo, reafirmou Angela Merkel.

Recorde-se que o plano da chanceler alemã era fazer uma paralisação de cinco dias da vida pública no feriado da Páscoa, com o comércio encerrado e com os supermercados a abrirem apenas no sábado anterior ao dia da Páscoa, além das restrições de bloqueio existentes, que foram estendidas até 18 de Abril.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter