Início B1 Amadeus adquire o TravelClick

Amadeus adquire o TravelClick

O acordo irá expandir significativamente a presença da Amadeus no sector hoteleiro.

A inclusão das soluções cloud da TravelClick para cadeias hoteleiras mid-size e independentes irá permitir que a Amadeus alcance todos os segmentos do mercado com um portfólio de oferta aprimorado.

Amadeus concordou em adquirir a TravelClick da Thoma Bravo, uma empresa líder em  private equity investment, por 1,52 bilhão US $.

TravelClick, com sede em Nova York, é uma fornecedora global líder em hotelaria que atende mais de 25.000 clientes em 176 países. Providencia soluções cloud inovadoras, incluindo um Sistema Central de Reservas (CRS) e Soluções de Gestão de Hóspedes (GMS) independentes e hotéis mid-size e ainda soluções de business intelligence e media. Esse portfólio oferece um alcance total da distribuição hoteleira, tanto nos canais  digitais como nos tradicionais. Também permite melhorar a interação digital com os hóspedes, e aumentar as receitas, o desempenho, reduzir os custos e por consequência criar uma marca forte.

A inclusão das soluções da TravelClick no sistema  Amadeus irá criar um líder em hotelaria,  com uma vasta gama de tecnologias inovadoras para hotéis e cadeias de todos os tamanhos à volta do mundo.

A TravelClick tem uma ótima equipa, ótima tecnologia e uma vasta base de clientes, e estamos ansiosos por receber, na Amadeus um negócio tão bem sucedido, disse Luis Maroto, presidente e CEO da Amadeus,  acrescentando que a ambição da Amadeus é fornecer ao sector hoteleiro as ferramentas necessárias para expandir os seus negócios e proporcionar uma óptima experiência aos seus clientes.

A combinação dos nossos dois portfolios irá permitir-nos ter a oferta adequada para qualquer hótel, independentemente do tamanho e das suas características, concluiu.

Como parte da aquisição, aproximadamente 1.100 colaboradores da TravelClick deverão juntar-se à equipa da Amadeus.

Amadeus e Thoma Bravo esperam fechar o acordo no quarto trimestre do ano de 2018, após as aprovações regulatórias. A transação será financiada por dívida e imediatamente irá incrementar o aumento dos lucros.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter