Início B2 Algarve: 1,9 milhões de dormidas do estrangeiro em setembro

Algarve: 1,9 milhões de dormidas do estrangeiro em setembro

COMPARTILHE

A hotelaria algarvia registou 445 mil hóspedes e 1,9 milhões de dormidas do estrangeiro em setembro de 2019, valores que correspondem a variações homólogas positivas de 3,9% e de 1,3%, respectivamente. Também os proveitos (+7,2%) e as dormidas de residentes (+7%) voltaram a crescer naquele mês, ajudando a consolidar a posição do Algarve como principal destino de férias do país, revela o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Em setembro, o sector do alojamento turístico algarvio registou 624,2 mil hóspedes e 2,56 milhões de dormidas, resultados para os quais muito contribuíram as performances do Reino Unido (+3,1% dormidas), de Portugal (+7%), da Irlanda (+7,7%), da Espanha (+4,8%) e da França (+1,1%). Ainda que o mercado alemão tenha dado alguns sinais de desaceleração no Algarve (-12,2% dormidas), seguindo a tendência verificada também no território nacional, ele mantém-se como o segundo maior emissor de turistas estrangeiros para o destino.

A estada média nos hotéis da região atingiu 4,11 noites e os proveitos dispararam, tendo no total apresentado um crescimento de 7,2%, atingindo 164,2 milhões de euros em setembro, ainda segundo o INE.

Setembro, um dos meses que costuma registar um pico de procura na prática de golfe, fica ainda marcado pelas 135.277 voltas nos campos do Algarve, mais 2.351 voltas (+1,8%) do que em igual período do ano passado.

Nos nove primeiros meses de 2019 o Algarve acumula 4,2 milhões hóspedes (+8%) na hotelaria classificada, 17,6 milhões de dormidas (+2,5%) e 1,07 milhões de euros de proveitos globais (+7,5%), revela o INE.