Início B4 Alentejo foi a região com maior taxa de ocupação

Alentejo foi a região com maior taxa de ocupação

Numa análise aos resultados do inquérito “Impacto da covid-19 na Hotelaria – 4.ª fase – Balanço do Verão / Perspectivas Outono”, que o Opção Turismo já divulgou, verifica-se, entre outros dados, que a região do Alentejo registou uma taxa de ocupação hoteleira de 71% no mês de Agosto, destacando-se entre todas as outras regiões do País

Por outro lado e segundo uma nota da presidente executiva da Associação da Hotelaria de Portugal (AHP), Cristina Siza Vieira, a queda mais acentuada verificou-se na Área Metropolitana de Lisboa (AML).

A AML registou taxas de ocupação de 10% em Junho, 15% em Julho, 25% em Agosto e 24% em Setembro, tendo a AHP explicado que esta queda abrupta se deve apenas ao cancelamento de eventos, como congressos e cimeiras, prevendo que a taxa de ocupação caia ainda mais na época festiva do final do ano.

No documento também se pode concluir não só que mais de 50% dos inquiridos verificaram uma quebra na taxa de ocupação entre 60% e 89%, como também e em relação aos preços da hotelaria, a média praticada nos meses de Junho a Setembro ficou cerca de 25% abaixo comparativamente com o mesmo período do ano passado, à exceção do Alentejo, a única região onde o preço médio este ano foi superior ao do ano passado, ultrapassando os 100 euros.

E, uma vez no campo das surpresas de Verão,  o Reino Unido não foi um dos principais três mercados para a hotelaria no Algarve. Nem mesmo nas regiões Norte, Centro e AML. Apenas na Madeira ficou entre os três principais mercados de Verão.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter