COMPARTILHE

O balanço da campanha “Menos Plástico, Mais Ambiente” não poderia ser mais positivo. Os dados indicam que 93% do sector da restauração e bebidas não só recicla as embalagens como uma percentagem significativa já utiliza materiais alternativos. É o caso dos sacos de papel (49,7%) e de materiais descartáveis de papel (26,7%).

Mesmo assim Ana Jacinto, secretária geral da AHRESP, afirma que “é imperioso que se conheça, de uma vez por todas, a realidade do consumo de plástico descartável em Portugal, para que se tomem as medidas adequadas. Mesmo a introdução de soluções alternativas ao plástico descartável devem ser devidamente estudadas, pois não podem representar aumentos de custos despropositados para as nossas empresas”.

De referir que a campanha  Menos Plástico, Mais Ambiente iniciou-se em maio com o lançamento do site www.menosplasticomaisambiente.pt e das redes sociais Instagram e Twitter, com o objectivo de comunicar a iniciativa e alertar para a temática dos malefícios do plástico e para a necessidade de encontrar alternativas ao mesmo.

Principais resultados do estudo:

  • No total das respostas obtidas, 77,4% referem disponibilizar sacos no seu estabelecimento, dos
  • quais, 49,7% indicou utilizar sacos de papel na sua actividade, a mesma proporção dos que
  • utilizam sacos de plástico (49,9%)
  • Cerca de 87% das empresas utiliza material descartável, sendo de destacar que cerca de 27%
  • das empresas já utiliza o papel como este tipo de material, não obstante cerca de 70% utilizar o
  • plástico como material descartável. Como outros materiais descartáveis, são referidos o
  • material biodegradável, a fibra de milho e a esferovite
  • Do total do material de plástico utilizado, as palhinhas são o material de plástico mais utilizado
  • pelas nossas empresas (52,5%), seguido dos copos de plástico (28,2%). Importa referir que os
  • outros tipos de material de plástico descartável (pratos, talheres) representam pouco mais de
  • 10% das respostas obtidas
  • No que respeita à gestão dos resíduos, 93% dos empresários efectua a separação das
  • embalagens na sua actividade, sendo que por tipo de embalagem, 91,6% das empresas fazem a separação do plástico, 93,3% do vidro e 92,8% do papel/cartão
  • Para a reciclagem das embalagens, a maioria das empresas usufrui dos Serviços Municipais
  • (recolha porta-a-porta) para a recolha dos seus resíduos, com 53,8% das respostas, e o ecoponto
  • é utilizado por 52,8% das empresas
  • 57,7% dos empresários diz utilizar o ecoponto como destino dos seus resíduos, no que diz
  • respeito ao material descartável de plástico