Início B3 Aeroporto de Ponta Delgada cria novas infraestruturas

Aeroporto de Ponta Delgada cria novas infraestruturas

O Governo dos Açores destaca que as novas infraestruras no aeroporto de Ponta Delgada de recepção aos passageiros desembarcados, permitem agora uma gestão mais eficaz a quem viaja interilhas ou do exterior. Refira-se que para quem viaja do exterior existe um encaminhamento específico e diferenciado para aqueles que apresentam ou não teste de despiste ao SARS-CoV-2 à chegada à região.

Recorde-se que os passageiros que chegam aos Açores têm de apresentar um teste negativo à covid-19 feito nas últimas 72 horas antes do voo ou então ser testados à chegada, aquando do desembarque no aeroporto.

A partir de agora, no aeroporto João Paulo II, na ilha de São Miguel, foram definidas três zonas com sinalética identificativa específica no interior e exterior da aerogare.

Para os voos interilhas, existe a zona amarela, enquanto o passageiro do exterior sem teste tem destinada a zona azul, onde existem seis gabinetes com climatização para a realização dos testes ao SARS-CoV-2.

Para o passageiro que desembarca do exterior com teste ficou definida a zona verde, dispondo de seis infraestruturas abertas para recepção e tratamento ágil dos processos dos viajantes.

Segundo o Governo Regional, o objectivo desta gestão diferenciada de fluxos visa evitar o congestionamento e o cruzamento entre passageiros interilhas e desembarcados do exterior, bem como aqueles que realizaram teste face aos que ainda não o fizeram.

Há ainda zonas específicas para as situações prioritárias, de acordo com o governo açoriano, que avança ainda ter sido desenvolvida a ferramenta web ‘My Safe Azores’, que torna o processo de controlo sanitário à entrada no arquipélago mais fácil e rápido, contribuindo, decisivamente, para a sua desmaterialização.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here