COMPARTILHE

A companhia aérea grega Aegean Airlines terminou 2018 com um aumento de 5% na receita consolidada, para 1.187,4 milhões de euros. Já p lucro líquido subiu 13% para 67,9 milhões de euros. valores positivos e alcançados mesmo com o cenário adverso do aumento do combustível – custou mais 41,1 milhões de euros, o que representou um aumento de 20% face aos valores de 2017.

Segundo os números disponibilizados pela Aegean revelam que a companhia, juntamente com a Olympic Air transportaram um total de 14 milhões de passageiros, ou seja, 6% a mais do que o registado em 2017. Disseminando os valores o tráfego internacional fixou-se nos 7,8 milhões de passageiros, representando um aumento de 7% face a 2017. O tráfego doméstico, por seu lado, também cresceu, mas a valores mais “tímidos” – 4% para 6,1 milhões de passageiros. A taxa de ocupação fixou-se nos 83,9% e o número total de voos aumentou ligeiramente (1%).

Para este ano a companhia tenciona continuar a investir na rede, acrescentando novos destinos ao portefólio actual e aumentando a capacidade para um total de de 17,7 milhões de assentos. Este ano a rede da do Aegean cobre um total de 151 destinos, 31 nacionais e 120 internacionais, para 44 países.