Início Breves Actividade turística quase parada na Ilha do Sal

Actividade turística quase parada na Ilha do Sal

COMPARTILHE

A actividade turística no Sal (Cabo Verde), uma das ilhas que, juntamente com a da Boavista, mais turistas portugueses recebe, está praticamente parada por causa do surto do Covid-19.

Neste sentido, a maioria dos hotéis da ilha pondera fechar portas até ao final do mês devido à diminuta taxa de ocupação. Só ainda não aconteceu, apontam os hoteleiros, porque restam alguns turistas que, entretanto, deverão seguir viagem para os seus países de origem nos próximos dias.

Já a Associação das Agências de Viagens e Turismo de Cabo Verde assegura tudo estar a fazer para minimizar o impacto do Covid-19.

Em comunicado, a AAVT, afirma estar em sintonia com as autoridades e que é essencial este diálogo, com apresentação de propostas e sugestões, construindo as pontes necessárias para fazer face à actual situação.

Entretanto, de acordo com a imprensa local, o presidente da Câmara do Turismo de Cabo Verde asseverou que o impacto do novo coronavírus vai ser muito forte não apenas no sector do turismo, mas em toda a economia do arquipélago.

Segundo Gualberto do Rosário, esta situação envolve as empresas directamente turísticas como os hotéis, agências de viagens e transportadoras, mas também abrange coisas mais básicas como água e energia, passando pela alimentação e tudo aquilo que se produz em actividade económica, cultural e social.

O responsável explicou que não se pode ignorar que cerca de 25% das receitas do Estado vêm directamente do sector do turismo, isto sem incluir as receitas indirectas, ou seja aquilo que as empresas não directamente turísticas pagam e que não é contabilizado como tendo origem na actividade turística.

Mas, prosseguiu, além do impacto geral nas receitas públicas, há ainda duas fontes de receitas importantes para Cabo Verde, que têm no turismo directamente fonte de alimentação, que são, conforme aclarou, o Fundo de Sustentabilidade Turística (FST) e as receitas da taxa de segurança aeroportuária, que vão sofrer com a situação derivada do Covid-19.

Mais notícias em www.opcaoturismo.pt

Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook