Início B1 Açores certificado como Destino Turístico Sustentável

Açores certificado como Destino Turístico Sustentável

COMPARTILHE

A secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo dos Açores anunciou que os Açores foram certificados como destino turístico sustentável, através da certificadora EarthCheck e ao abrigo dos rigorosos critérios da Global Sustainable Tourism Council (GSTC).

A esse propósito, Marta Guerreiro salientou que os Açores não são só o primeiro e único arquipélago no mundo com esta certificação como também são a única região de Portugal, num conjunto de 13 regiões do mundo e apenas oito países.

Hoje marcamos a diferença, uma vez mais, entre quem fica no passado e quem tem um papel de liderança na construção do futuro, disse a governante, acrescentando que os Açores estão a liderar esse caminho a nível mundial.

Marta Guerreiro recordou que o Governo dos Açores deu início ao processo de certificação do destino em dezembro de 2017, no âmbito da conferência “Açores 2017: no rumo do turismo sustentável”, um evento integrado nas comemorações do Ano Internacional do Turismo Sustentável.

A secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo dos Açores,  afirmou a certificação agora recebida não é um fim em si mesmo, mas sim, um destino certificado em termos de sustentabilidade nunca pode considerar que o seu trabalho esta feito.

Fomos repetindo, variadas vezes, que tudo faríamos para que a sustentabilidade passasse de utopia a realidade, numa acção mais presente e consequente na vida de todos nós, disse ainda a governante explicando que a certificação só foi possível porque houve uma humildade colectiva de aceitar este trabalho constante de autoanálise e de melhoria.

Marta Guerreiro referiu que o processo se desenvolveu em várias fases, destacando a última, a auditoria no local, que garantiu total transparência e exigência em todo o processo, e que incluiu a revisão de toda a documentação e dos dados recolhidos na fase de ‘Benchmarking’, bem como a visita oficial a três ilhas do arquipélago escolhidas pela Earthcheck: São Miguel (Grupo Oriental), Terceira (Grupo Central) e Flores (Grupo Ocidental), tendo sido visitadas várias infraestruturas em cada uma destas ilhas, como centrais elétricas, centros de processamento de resíduos ou estações de tratamento de águas, de forma a ser verificada a sua conformidade face aos critérios”.

Na ocasião, a secretária Regional apontou os vários projectos em curso no rumo da sustentabilidade, com destaque para a Cartilha de Sustentabilidade, com subscrições públicas e anuais de compromissos no âmbito dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU por empresas, associações e sector público.



Mais notícias em OPÇÃO TURISMO Siga-nos no FaceBook , Instabram ou no Twitter