Início B3 ABTA: agências britânicas precisam de ajuda imediata

ABTA: agências britânicas precisam de ajuda imediata

COMPARTILHE

A Associação Britânica de Agências de Viagens (ABTA) em carta enviada ao primeiro-ministro Boris Johnson, dá conta do efeito devastador que a inação do governo trará.

Dezenas de milhares de empregos serão perdidos, haverá atrasos significativos no reembolso de clientes e danos a longo prazo, avisa a ABTA.

A associação critica que o executivo tenha anunciado apenas planos para apoiar companhias aéreas e aeroportos, não tendo respondido aos avisos urgentes de operadores de turismo e agências de viagens.

Mark Tanzer, presidente executivo da ABTA, lamenta que estamos fa ficar sem tempo, acrescentando que as pessoas estão a perder os seus empregos e algumas empresas terão que declarar falência se nada for feito.

Nesse sentido, alerta que se tudo isso acontecer, os sistemas de proteção financeira para as férias estarão sob grande pressão e haverá atrasos consideráveis ​​no retorno de dinheiro aos clientes.

O governo afirma que fará o necessário, mas precisamos de acções muito mais rápidas e decisivas, enfatiza Mark Tanzer.

A ABTA explica que, embora milhares de clientes tenham direito a reembolso, a maioria das agências não recebeu o dinheiro de seus fornecedores.

O sector das viagens precisa urgentemente de apoio do governo para garantir que o dinheiro do cliente seja protegido, concluiu o CEO da ABTA.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here