COMPARTILHE

O Turismo de Portugal abriu o concurso público para a concepção, construção e exploração do hotel de aplicação da Tourism International Academy e da reabilitação, equipamento e exploração da residência de estudantes do novo campus do Estoril. As propostas deverão ser apresentadas até 6 de Setembro.

A Tourism International Academy trata-se de um projecto de formação em Turismo que vai nascer no Estoril, mais precisamente dentro do requalificado campus da Escola de Turismo Portugal e da Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril.

Na concepção do projecto está a criação de um hub internacional de formação, empreendedorismo, inovação e investigação para o Turismo. O que será possível através da combinação das várias valências existentes no campus, com especial ênfase para a formação técnico-profissional, o ensino superior, assim como os laboratórios técnicos e os auditórios.

Em termos de infraestruturas o projecto contempla um hotel, que será usado em formação em contexto real de trabalho. Inserido numa área de cinco mil metros quadrados, terá cinco pisos, um estacionamento subterrâneo e um mínimo de 80 quartos.

As entidades que tencionem apresentar uma proposta deverão ter em conta que se trata de um “hotel de aplicação de uma Escola de Hotelaria e Turismo, prevendo a criação de espaços amplos e abertos, por forma a que os clientes possam observar de perto o funcionamento do hotel, de todos os trabalhadores, bem como dos alunos em formação nos vários serviços”. Quanto ao modelo de gestão a indicação é de que será “semelhante aos que vigoram nos hotéis de aplicação de Lisboa e do Porto, prevendo-se que o concessionário ministre formação aos alunos da escola, em condições reais de trabalho”.

Segundo informações disponibilizadas pelo Turismo de Portugal será, igualmente, reabilitado um edifício com 2.500 metros quadrados, que será usado como residência para estudantes, com 80 quartos e capacidade para cerca de 150 estudantes.

As condições podem ser consultadas no Anúncio do Procedimento n.º 7763/2019 no Diário da República Electrónico n.º 139 de 23 de Julho de 2019.